sábado, 1 de setembro de 2018

Campanha Setembro Amarelo é lançada nas Promotorias da Capital



Foi realizada nesta sexta-feira, 31, na sede das Promotorias de Justiça da Capital, a abertura da campanha “Setembro amarelo: mês de prevenção ao suicídio”, que faz parte do programa Qualidade de Vida no Trabalho, iniciativa do Ministério Público do Maranhão.

Na solenidade, aconteceu ainda a comemoração dos aniversariantes das promotorias no primeiro semestre de 2018 e contou com as presenças de membros e servidores da instituição.

O Coral Vozes do MP apresentou números musicais durante a celebração.
Ao se manifestar, o procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, afirmou que a campanha busca chamar a atenção para um problema muito grave na sociedade atual, que é o suicídio, considerado pelo Ministério da Saúde como uma questão de saúde pública. “No Brasil, 12 mil pessoas recorrem ao suicídio por ano. Todos nós devemos nos irmanar na defesa da vida e prevenção ao suicídio”, defendeu.

Ao se referir ao tema da qualidade de vida no trabalho, Luiz Gonzaga Coelho ressaltou a importância do cuidado com a saúde para que cada um exerça suas funções laborais com ânimo e entusiasmo. “Queremos que membros e servidores trabalhem muito em defesa da sociedade, mas que trabalhem felizes e com satisfação, sentindo-se parte de uma instituição que tem grande credibilidade”.

No final de sua manifestação, o procurador-geral anunciou que já assinou o ato para abertura da licitação que vai contratar a empresa para construir a ampliação do estacionamento das Promotorias de Justiça da Capital, que terá 130 vagas.

A subprocuradora-geral de justiça para Assuntos Administrativos, Mariléa Campos dos Santos Costa, parabenizou todos os aniversariantes do primeiro semestre e enfatizou a necessidade da realização de campanhas como a de valorização da vida e prevenção ao suicídio.

O diretor das Promotorias de Justiça da Capital, Paulo Silvestre Avelar Silva, observou a relação de semelhança entre os dois eventos. “Tanto a campanha de prevenção ao suicídio como a comemoração dos aniversariantes querem enaltecer e celebrar a vida, o que é essencial para todos nós”, destacou.

Por fim, a coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa dos Direitos Humanos, Lana Barros, explicou os objetivos da campanha Setembro Amarelo, desenvolvida em parceria com outras instituições públicas. “Temos que conjugar todos os esforços para preservar a vida e combater o suicídio, que efetivamente é um problema de saúde pública e precisa ser enfrentado”.

MEMBROS PARTICIPANTES

Estiveram presentes na solenidade nas Promotorias de Justiça da Capital o procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, os procuradores de justiça Eduardo Hiluy Nicolau (corregedor-geral do MPMA), Mariléa Campos dos Santos Costa (subprocuradora-geral para Assuntos Administrativos) e Themis Maria Pacheco de Carvalho; e os promotores de justiça Emmanuel Guterres Soares (diretor-geral da PGJ); Marcio Thadeu Silva Marques (diretor da Escola Superior do Ministério Público do Maranhão - ESMP); Paulo Avelar (diretor das Promotorias de Justiça da Capital); Marco Antônio Santos Amorim (diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais da PGJ); Raimundo Nonato Leite (diretor da Secretaria de Planejamento e Gestão) e Lana Barros Pessoa (coordenadora do CAOp Direitos Humanos).

Redação: José Luís Diniz (CCOM-MPMA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário