quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Imperatriz mantém índices positivos no Ensino Fundamental


Ideb aponta 43 escolas da rede municipal com meta acima do esperado

por Sara Ribeiro

O Ministério da Educação, MEC, e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, Inep, divulgaram na segunda-feira, 3, resultados e metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, Ideb, de 2017. Imperatriz, comparado ao último dado contabilizado pelo índice, registrou avanços na rede municipal de ensino,à frente até dos resultados da capital do Estado.
Em 2015, a projeção alcançada pelo Município para o Ensino Fundamental dos anos iniciais, 4º e 5º ano, foi de 5,0. Agora, o resultado chegou aos 5,2, numa clara demonstração de melhoria na qualidade. Do resultado, 34 escolas foram responsáveis pela elevação do indicador, com projeções individuais que superaram as metas nacionais.
A escola municipal Madalena de Canossa, no Parque Santa Lúcia, se destacou pelo grande avanço obtido, ultrapassando o esperado de 4,9, para 5,8 em 2017. “Conseguimos passar das metas estipuladas pelo MEC até a projeção de 2021. Isso é fruto do empenho de toda a comunidade escolar e das professoras que se desdobraram. De 6° ao 9° ano, também evoluímos de 4.1 para 4.8. Mesmo com todas as dificuldades que enfrentamos no dia a dia, todos deram o máximo para que pudéssemos alcançar nossos objetivos e o principal, a efetivação da aprendizagem” – comemorou o gestor da escola, Magno Ribeiro Silva.
Para os anos finais, 8º e 9º ano, o Município manteve os índices obtidos, mas com excelentes resultados no Ideb individual de nove escolas. Para o cumprimento das metas estabelecidas pelo MEC, a Secretaria Municipal de Educação, Semed, desenvolve projetos na busca do ensino de excelência, o principal, o “Melhor Ensino e Maior Ideb”, com formações dos professores de língua português e matemática, estimulando novas práticas de ensino e simulados com os alunos, no acompanhamento de rotina do processo de aprendizagem.
“O Ideb de 2017 mostra um trabalho embrionário da gestão Assis Ramos. Houve avanço, nós ficamos em 9º e 11° lugares no Estado, chegando a ter um ldeb muito maior que a capital São Luis. E agora, o compromisso da gestão, é implementar ações para alcançarmos a meta do Ideb de 2019” - destacou o secretário municipal de Educação, Josenildo Ferreira.
Sobre os indicadores - O Ideb foi criado pelo Inep em 2007, em uma escala de zero a dez, e sintetiza dois conceitos importantes para a qualidade da educação oferecida no país: aprovação e média de desempenho dos estudantes em língua portuguesa e matemática. O indicador é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e médias de desempenho nas avaliações do Inep, o Sistema de Avaliação da Educação Básica, Saeb, e a Prova Brasil.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário