sábado, 22 de setembro de 2018

Maura Barroso mostra toda sua indignação contra mais um feminicídio em Imperatriz



            Na 21ª sessão ordinária (20), a Vereadora Maura Barroso utilizou a tribuna para relatar mais um triste e revoltante caso de feminicídio em nossa cidade. Desta vez, a vítima foi uma jovem de apenas 18 anos, Jaine Ferreira Oliveira, cujo corpo foi encontrado na cozinha de sua casa.
            A Vereadora utilizou-se da fala em forma de protesto contra o crime, onde citou os diversos casos que já aconteceram em Imperatriz (3 casos só este ano) e em todo o Maranhão, afirmando que “precisamos de políticas públicas voltadas ao assunto; não podemos deixar que crimes bárbaros como esse fiquem impunes”.
            De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada quatro minutos uma mulher é vítima de agressão, a cada uma hora e meia ocorre um feminicídio; mais de 43 milhões de mulheres foram assassinadas nos últimos 10 anos e estima-se que mais de 13 milhões de mulheres brasileiras já sofreram algum tipo de agressão de um homem.
            A Vereadora Maura Barroso é a autora da Lei Nº 1.719/2018 que instituiu o “Dia Municipal de Combate ao Feminicídio” e da Lei Nº 1.713/2017 que institui o “Dia da Não Violência Contra a Mulher” em nosso município. Instrumentos para a maior visibilidade do tema, instigando a criação de mecanismos de combate, prevenção e controle de qualquer forma de agressão contra a mulher; chamando a sociedade e os órgãos municipais para unir forças, com o objetivo de minimizar cada vez mais as ocorrências desses crimes, e visando o devido respeito às mulheres, assim como suas vontades e decisões.
Lucas Carvalho - ASSIMP

Nenhum comentário:

Postar um comentário