quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Transporte público de Imperatriz ganha mais sete ônibus climatizados


Veículos atenderão os bairros Sebastião Régis, Centro Novo, Lagoa Verde e Itamar Guará

por Gil Carvalho

Mais sete ônibus, modelo Marcopolo, Torino G6, equipados com elevador para pessoas com deficiência e ar-condicionado, montados sobre o chassis Volvo B270F, serão inseridos no Sistema de Transporte Integrado de Imperatriz - SITZ. Anúncio foi feito nesta quarta-feira, 26, pelo prefeito Assis Ramos.
Os veículos climatizados atenderão aos usuários das linhas Sebastião Régis (três ônibus); Itamar Guará (dois ônibus) e Centro Novo (dois ônibus). “Somados aos outros cinco que a Prefeitura havia entregue ano passado, chegam a 12 veículos com ar-condicionado circulando nas rotas do transporte coletivo de Imperatriz”, destacou.
O secretário Leandro Braga assinala que os veículos reforçam a frota e oferecerão mais conforto e comodidade aos passageiros das linhas 01, 11 e 15. Serviço é operado pela empresa Rio Anil Transportes - Ratrans. “A melhoria no transporte de passageiros tem sido uma luta, desde o começo, do prefeito Assis Ramos”, frisa.
De acordo com ele, os três primeiros ônibus climatizados começarão a circular na próxima segunda-feira, 1º, para o Bairro Sebastião Régis; os dois ônibus da linha do povoado Centro Novo-Lagoa Verde estão previstos para começarem dia 15 de outubro e os demais do Residencial Itamar Guará, no começo de novembro deste ano.
Ele ressaltou ainda que foi celebrado convênio com a Agência de Mobilidade Urbana, MOB, para que os ônibus climatizados das linhas intermunicipais de Davinópolis e Governador Edison Lobão circulem, via terminal da integração de passageiros, na Praça Tiradentes. “Essa é outra grande novidade que beneficiará os passageiros dessas linhas de ônibus, que poderão embarcar em ônibus urbano, sem pagar outra passagem em Imperatriz”, garante.
Leandro Braga explica que somente será possível a integração dessas duas linhas intermunicipais em virtude da semelhança do sistema de bilhetagem operado pela Retrans nos ônibus de Davinópolis e Governador Edison Lobão. “Os usuários também poderão utilizar o sistema temporal que, depois de passar na catraca, poderão utilizar outra linha em até 60 minutos, desde que não seja na mesma rota da linha que a pessoa estava anteriormente”, concluiu.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário