sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Prefeitura inicia estudos para implantação do Aterro Sanitário


Trabalhos são realizados em áreas da Estrada do Arroz e BR-010

por Léo Costa

A Prefeitura de Imperatriz, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Semmarh, começou no último dia 9, estudos para aquisição de área para implantação do aterro sanitário de resíduos sólidos do município.
“A construção do aterro sanitário faz parte do planejamento estratégico do governo Assis Ramos, visando o desenvolvimento do município, em especial a melhoria da qualidade de vida da população”, destacou Rosa Arruda, secretária de Meio Ambiente.
O trabalho de estudos para a elaboração do projeto de implantação do aterro sanitário está sendo realizado pela empresa de arquitetura e engenharia, Alto Uruguai, vencedora da licitação. Prazo para conclusão do levantamento é de 40 dias, a contar da assinatura do contrato em 9 de outubro deste ano.
O valor a ser investido no empreendimento é de R$ 22 milhões, por meio de convênio entre a Prefeitura de Imperatriz e Governo Federal, via Ministério do Meio Ambiente e Caixa Econômica. O montante será aplicado na compra do terreno de 170 hectares, construção do aterro e recuperação do lixão.
Os estudos da permeabilidade de solo para a escolha do local de construção do aterro sanitário são feitos em áreas situadas na MA-386, Rodovia Padre Josimo, conhecida como Estrada do Arroz, e nas proximidades da BR-010, zona rural de Imperatriz.
A geração de resíduos sólidos é uma consequência inerente da atividade humana. Atualmente, os aterros apresentam-se como uma alternativa ambientalmente adequada à disposição final de resíduos sólidos. Todavia, o projeto de um aterro exige o cumprimento de critérios de ordem técnica e legal, que envolvem a sua localização, documentação e acesso.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário