quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Hospital Macrorregional amplia assistência oftalmológica na Região Tocantina


Fonte: SES
Texto: Vanessa Moreira
Foto: Divulgação
19/12/18 

“Quando fui diagnosticado com catarata, a primeira coisa que pensei foi em um local perto de casa para fazer a cirurgia. Foi aí que descobri a possibilidade de fazer essa cirurgia no Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto, a 100 km da minha casa”.  O relato é do aposentado Nestor Araújo, morador da cidade de Lajeado Novo. Ele é um dos pacientes atendidos na unidade de saúde que fez 1.200 consultas, mil procedimentos cirúrgicos, 800 cirurgias de catarata e 200 de pterígio ao longo de 2018.

O diretor clínico do Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto, Wesley Garcia, afirma que anteriormente existia uma demanda reprimida na Região Tocantina. “Hoje, com esta mudança, as cirurgias são feitas toda semana e as consultas não param de ter marcação. É um avanço e a população não precisa se deslocar para São Luís para fazer um procedimento simples que não dura nem meia hora”, disse Wesley Garcia.  

O aposentado Sabino Araújo estava há dois meses apresentando problema na visão. Em Imperatriz, o paciente realizou a cirurgia de catarata. “Fico muito grato de ter que dormir na minha casa após sair do hospital. Fico no conforto da minha cidade sem precisar ir para longe para cuidar da visão. Todo ano agora vou fazer revisão da vista com um médico no Macro, e ainda farei exames sem ter de pagar”, contou.

O diretor administrativo do Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto, Felype Hanns, atribui o trabalho na área oftalmológica graças ao avanço na estruturação da rede pública de saúde. “O resultado maior deste acesso a consultas e cirurgias oftalmológicas é a melhora da qualidade de vida dos imperatrizenses e moradores da região, que não precisam esperar mais de um mês por um procedimento simples e nem gastar dinheiro com passagem para outro município. Em 2019, continuaremos a fazer cada vez mais melhorias no acesso da população à oftalmologia”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário