quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Investimentos no trânsito aumentaram segurança viária

BALANÇO 2018


Primeiro semestre registrou número zero de óbitos na área de competência do Município

por Gil Carvalho

A Prefeitura de Imperatriz, através da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, Setran, aumentou em 2018 investimentos no reforço da sinalização viária com a instalação de 3.376 placas de pare, proibido estacionar, sentido proibido, faixas de pedestres, escolares, lombadas, siga em frente ou vire a direita, siga em frente ou vire a esquerda, idosos, cadeirantes, carga e descarga.
Também foram instaladas placas de velocidade, exclusivo carro e motos, pare conjugadas (pare com siga em frente ou a direita, para com siga em frente ou a esquerda, pare com vire a direita e pare com vire a esquerda), pontos de táxi, mototáxi, ônibus e vans.
De acordo com o engenheiro de Trânsito, Tuytuyguassu Rayol, medida contemplou com sinalização os bairros Vila Cafeteira, Bacuri, Parque do Buriti, Nova Imperatriz, Vila Lobão, Vila Redenção, Beira rio e Juçara. “Esse trabalho será intensificado cada vez mais no próximo ano visando reduzir acidentes de trânsito e aumentar segurança viária”, reforçou.
O secretário de Trânsito, Leandro Braga, destaca que a instalação de tachões refletivos em cruzamentos conseguiu praticamente zerar o número de acidentes em locais que antes aconteciam sinistros com frequência. “Conseguimos, no primeiro semestre, na área da competência da Setran zerar o número de óbito”, frisa.
Ele esclareceu que nos seis meses iniciais do ano, em comparação a igual período de 2017, foram registradas cinco ocorrências de óbitos, porém nas áreas de competências do Estado e da União. “Ano passado foram contabilizadas nove mortes nestes locais de competência do Estado e da União”, acrescenta.
Leandro Braga avalia como positivo o resultado zero do número de acidentes com óbitos na área de competência do Município, resultado da soma de esforços e investimentos em sinalização, fiscalização e educação para o trânsito em Imperatriz. “Vamos continuar focado nesse trabalho dobrando a instalação de tachões e de sinalização viária em cruzamentos dos bairros”, afirma.
Parceria
O secretário observa que a maioria dos acidentes de trânsito com mortes tem ocorrido no perímetro urbano da BR-010, fato que despertou a necessidade de solicitar uma parceria com a Polícia Rodoviária Federal, PRF, para que autorize os agentes de trânsito a realizar fiscalização nestes locais.
“Temos como objetivo dar apoio à PRF, pois não é falta de vontade deles, mas de efetivo para o patrulhamento das vias federais no perímetro urbano, onde conseguiremos reduzir [ainda mais] o número de mortes ou quem sabe até zerar”, assinalou.
Segundo ele, o prefeito Assis Ramos também comemorou a redução do número de mortes de vítimas de acidentes de trânsito em Imperatriz. “O principal objetivo da Secretaria Municipal de Trânsito é salvar vidas!”, garantiu.
Desde que o serviço foi implantando no dia 20 de agosto deste ano foram atendidas 319 ocorrências no perímetro urbano de Imperatriz. Tempo médio de atendimento é de aproximadamente 12 minutos. Neste intervalo foram realizados 135 acordos, expedidas 92 solicitações de cópia de Boletim de Ocorrência de Acidentes de Trânsito, BOAT, para fins de acionamento do seguro, e 43 solicitações de laudo pericial junto ao Instituto de Criminalística do Maranhão - ICRIM.
Controle de tráfego
Graças ao serviço de orientação dos agentes de trânsito nas correntes de tráfego (controle de vias) em seis pontos estratégicos de Imperatriz, reduziu drasticamente o número de acidentes e otimizou o fluxo ao beneficiar mensalmente 29.280 veículos.
Dados fornecidos pelo Departamento de Estatística da Setran mostram que na corrente de tráfego realizada de segunda a sexta-feira, das 18h às 19h, na Avenida Getúlio Vargas com BR-010, chegam a circular mensalmente 7.800 veículos. Já no cruzamento das ruas João Lisboa com a BR-010, das 11h às 12h, os agentes de trânsito registram um movimento diário de 6.900 veículos.
Na terceira corrente de tráfego, no cruzamento da Avenida Getúlio Vargas com Rua Alagoas, Centro, das 11h às 12h, o movimento de veículos beneficiados chega a 4.440 veículos; da Avenida Santa Teresa com Rua Paraíba, das 18h às 19h, o fluxo é de 3.900 veículos; da Avenida Santa Teresa com a Rua Pernambuco, das 7h às 8h, o total é de 3.240 veículos e da Avenida Santa Teresa com a Rua Rio Grande do Norte, das 18h às 19h, chega a 3.000.
Conscientização
O secretário de Trânsito Leandro Braga destacou também o êxito dos programas de Educação para o Trânsito que qualificaram crianças e adolescentes, através do projeto Agentes de Trânsito Mirim, que nesta primeira etapa beneficiou 76 alunos. Meta para o próximo ano é ampliá-lo visando contemplar crianças carentes dos bairros de Imperatriz.
A realização de palestras em faculdades, escolas e empresas tem conscientizado motoristas e pedestres, ação que tem surtido efeito positivo nestes últimos anos nas ruas e avenidas da cidade.
Outro projeto é o “Pé na Faixa” realizado todas as quintas-feiras que ensina na prática o respeito à travessia de pedestres na faixa. “Percebemos que muitos motoristas hoje respeitam quando o pedestre usa a faixa para fazer a travessia”, observa a coordenadora de “Educação para o Trânsito”, Teresinha Miranda.
Reforço na sinalização
157 faixas de pedestres
145 cambitos (sinalização dos 5m das esquinas)
14 lombadas feitas e pintadas
Pintura de toda a extensão das vias: Luís Domingues, Duque de Caxias, Dorgival Pinheiro, Alagoas, Paraíba, XV de Novembro, Bernardo Sayão, Ceará, Newton Bello e Pernambuco
66 pintura de carga e descarga
15 lombadas sinalizadas
45 embarque e desembarque
28 pontos de táxis pintados
12 pontos de mototáxi pintados
2500 tachões e 1000 tachinhas
05 abrigos de paradas de ônibus instalados e outros 10 pintados
Projeto e execução de mudança de sentido das ruas Dom Pedro I e Dom Pedro II, Feirinha do Bom Sucesso
321 nomes de pare
33 cruzamentos sinalizados com tachões

Imagens:



Nenhum comentário:

Postar um comentário