segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Pacientes e familiares da Rede de Saúde Mental participam de confraternização


Programação contou com apresentações culturais e entrega de cestas básicas

 por João Rodrigues

Com objetivo de promover, ainda mais, a interação entre usuários e servidores, foi realizada nesta sexta-feira, 21, a confraternização da Rede de Saúde Mental do Município de Imperatriz. Programação nas dependências do Centro de Atenção Psicossocial, CAPS-III, contou com a presença do titular da Secretaria Municipal de Saúde, Semus, Alair Firmiano, que representou o prefeito Assis Ramos no evento.
Em clima de muita animação, alguns pacientes realizaram apresentações culturais como uma cantata de Natal que remeteu ao Nascimento de Jesus Cristo. Também foram distribuídas cestas básicas e servido um almoço aos participantes.
“O atendimento aqui é maravilhoso, com esse povo carinhoso. O queria seria das mães se não fosse esse programa?”, indagou a dona-de-casa Francimar Noleto da Conceição, mãe de um paciente.
A coordenadora da Rede de Saúde Mental, Maria Aparecida Alves, destacou que o ano foi de muitas conquistas para Saúde Mental. "Esse é um evento que fazemos anualmente para comemorar o Natal, o ano que passou e pedir a Deus saúde e mais conquistas", enfatizou.
Alair Firmiano, secretário de Saúde prestigiou a confraternização e fez breve discurso. “A Saúde Mental foi totalmente reformulada, muitas coisas erradas foram corrigidas, tivemos melhorias no serviço e hoje os familiares estão satisfeitos”, frisou. Ele afirmou que em muitos lugares as pessoas com problemas mentais não recebem atendimento adequado, situação, também, verificada em Imperatriz onde o programa passou por reformulação e hoje é uma referência no Estado numa prova de que a gestão municipal valoriza esses pacientes que “precisam mais da gente do que outras pessoas dentro da área da saúde”. Ele acrescentou que o aumento no número de pacientes este ano refletem as melhorias implementadas pela gestão.
Atendimento
Aparecida Alves informou que a Rede Saúde Mental realiza entre 3.700 a 4.200 atendimentos por mês, incluindo consultas com a equipe multidisciplinar. A Rede é composta pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPs AD) e CAPS III, que funcionam em regime de plantão 24h, e ainda, o CAPS IJ, cunho público-alvo é a juventude, Ambulatório e Residência Terapêutica.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário