segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Secretaria da Mulher tem o maior número de atendimento dos últimos três anos


Casa Abrigo Dra. Ruth Noleto oferece estadia temporária e garante proteção às vítimas de violência doméstica e familiar

por Sara Batalha

Se comparados aos últimos três anos, 2018 foi o ano com o maior número de atendimento às mulheres vítimas de violência, da Secretaria Municipal de Políticas para Mulher, SMPM. Foram atendidas 397 mulheres e realizados 122 acompanhamentos pedagógicos às crianças, filhos dessas mulheres, consequentemente, vítimas também de violência, principalmente a psicológica. Em 2016, foram 89 atendimentos naquele órgão, em 2017, subiu para 185.
O serviço da Casa Abrigo Dra. Ruth Noleto continuou em pleno funcionamento e recebeu reforma na estrutura este ano. Local oferece estadia temporária e garante proteção para mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, com risco de vida para ela e seus filhos. Funciona em regime de plantão 24 horas. Em 2018, foram abrigadas 21 mulheres e 19 crianças. Os filhos contam com acompanhamento escolar.
Foi ampliado atendimento nos serviços da SMPM, por meio de reuniões nos bairros, escolas e instituições e intensificadas campanhas de divulgação da Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar. Como resultado, houve aumento significativo na procura e no número de mulheres atendidas pelos serviços. Em 2018 foi ofertado, em parcerias, capacitação de 60 mulheres na área de informática e empreendedorismo.
Em 2019, a perspectiva é que o trabalho continue e cresça ainda mais, como afirma a secretária da SMPM, Edna Ventura. “Vamos firmar parcerias com o setor público e privado para ampliar a oferta de capacitações às mulheres mais carentes. Além de intensificar a campanha permanente, as periódicas e específicas para o enfrentamento à violência contra a mulher. Lançar no portal da prefeitura a pesquisa para conhecermos o perfil da mulher servidora pública municipal. Certamente continuaremos a receber do prefeito Assis o compromisso e o apoio para a efetivação das políticas públicas voltadas para as mulheres em Imperatriz”, informou.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário