quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Agentes de Trânsito participarão de curso de mediação e redução de conflitos


Capacitação será realizada nos dias 16, 17 e 18 em parceria com a com a Faculdade DeVry Facimp

por Luana Barros

Até sexta-feira, 04 de janeiro, a Secretaria Municipal de Trânsito, Setran, realiza inscrições para capacitação sobre mediação e redução de conflitos. Ao todo, serão disponibilizadas 60 vagas, com matrículas a serem efetuadas na sede da Setran e abertas a agentes de trânsito de Imperatriz e de outros municípios que queiram participar e conhecer técnicas realizadas na cidade. 
O curso de Mediação e Conciliação de Conflitos no Trânsito será realizado nos dias 16, 17 e 18, no período da manhã e tarde. A capacitação é uma parceria da Prefeitura com a Faculdade DeVry Facimp em Imperatriz. Os agentes de trânsito participarão de capacitação envolvendo técnicas de resolução de conflitos que auxiliarão nos casos de conciliação e mediação em acidentes sem vítimas.
Victor Amorim, assessor jurídico da secretaria e coordenador da capacitação informa, “abriremos vagas para Agentes de Trânsito de Imperatriz e de outros municípios que queiram participar do curso e conhecer o trabalho já realizado em Imperatriz, para adotar essa prática em sua localidade.”
O Secretário de Trânsito e Transportes, Leandro Braga, reforça que “a Setran, desde 2018, passou a realizar, por meio de seus agentes de Trânsito, a perícia em Acidentes de Trânsito e a realizar conciliações e mediações, quanto aos danos materiais decorrentes desses sinistros, 24 horas por dia, com equipe própria e viaturas disponíveis para desempenho dessa função, podendo ocorrer o acordo no local do acidente ou na Sede da Setran. Tendo realizado uma média intervenções em aproximadamente 200 acidentes, sem vítimas, por mês”
Segundo o diretor-executivo da Setran, Ráder Leão, o curso de Mediação e Conciliação de Conflitos no Trânsito facilitará a resolução de pequenos conflitos. “Esse curso tem a finalidade de auxiliar e agilizar as ocorrências de trânsito. Com isto, chegamos primeiro ao local e já podemos trabalhar na conciliação das partes. É um processo rápido e moderno, e em breve tudo será feito via smartphone, desde a solicitação de Agentes de Trânsito, até o registro da conciliação à assinatura dos envolvidos”, explica o diretor.


Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário