quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Gramado do Frei Epifânio passa por análise de solo

MANUTENÇÃO

Objetivo é a padronização de todos os estádios do Brasil, para os jogos das séries A, B e C

por Dema de Oliveira

Administrado pela Secretaria Esportes Lazer e Juventude, Sedel, o estádio Frei Epifânio, passou por análise de solo do seu gramado, nesta quarta-feira, 23. Serviço é uma determinação da Confederação Brasileira de Futebol-CBF, que objetiva padronizar todos os espaços envolvidos nas séries A, B e C. Imperatriz vai sediar os jogos do Campeonato Brasileiro Série C, com a Sociedade Imperatriz de Desportos-SID, o Cavalo de Aço.
Para realizar esse trabalho, esteve nesta quarta-feira passada, o engenheiro agrônomo Wallas Marques, da empresa Maristela Kuhn-Campos Esportivos, escritório de Brasília, que tem convênio com a CBF. Segundo ele, a análise de solo dos gramados começou em 2013, justamente um ano antes da realização da Copa do Mundo no Brasil. “Essa determinação é para que todos estádios estejam padronizados, tanto nas dimensões, quanto na qualidade do gramado”, enfatizou.
Será feita uma avaliação nas estruturas, espécie da grama, quais manejos vêm sendo adotados no gramado. Para isso foi feito recolhimento do solo, que será enviado para Brasília, onde será analisado em um laboratório, em seguida feito um relatório através da CBF e enviado para a Sedel e caso haja algum problema, melhorar no que possível. Vale lembrar, que não existe nenhum impedimento no gramado do Frei Epifânio, que possa paralisar as atividades do Imperatriz no campo de jogo. Os resultados estarão prontos em 30 dias.
O administrador do estádio, Cristiano Silva, informou que a Sedel, está dando total apoio ao engenheiro da CBF, para que que o estádio fique em perfeitas condições de uso. “Estamos acompanhando o trabalho e satisfeitos porque sabemos que isso vai servir para beneficiar o nosso representante na série C”, ressaltou.
O Frei Epifânio já passou por outras vistorias, como medição da potência de energia, e o esquadro do campo de jogo para ficar na medida padrão. Está entre os estádios do Brasil quem segue as normas da FIFA, com 105 metros de comprimento por 68 de largura

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário