quinta-feira, 21 de março de 2019

Atendimentos de emergência pediátrica passam a ser disponibilizados no Centro de Saúde Vila Nova


O espaço vai funcionar como 'novo' 'Socorrinho' até que o prédio do HMII seja reformado

Por João Rodrigues

Os atendimentos de pronto-socorro e internação pediátricos pelo Sistema Único de Saúde, SUS, estão sendo disponibilizados desde quarta-feira, 20, no Centro de Saúde Vila Nova, localizado na Avenida São Sebastião, no bairro Vila Nova. O endereço é temporário, até que o prédio do Hospital Municipal de Imperatriz Infantil, HMII, seja devidamente reformado. 
De acordo com um comunicado assinado pela secretária adjunta da Secretaria Municipal de Saúde, Mariana Jales, a Unidade de Pronto Atendimento, UPA São José, que estava recebendo temporariamente e exclusivamente os pacientes do HMII, já retornou ao atendimento normal para pacientes adultos e pediátricos.
"Todos os pacientes do Hospital Municipal Infantil de Imperatriz, HMII, que estavam na UPA São José foram remanejados para o Centro de Saúde Vila Nova, localizado na Avenida São Sebastião, bairro Vila Nova, onde os serviços prestados no ‘Socorrinho’ terão continuidade como pronto-socorro e internação", informa a secretaria por meio do comunicado público.
Com a mudança, os atendimentos que funcionavam no Centro de Saúde Vila Nova passarão a ser feitos distribuídos por equipes. A Equipe 1 está funcionando numa casa na Rua Tamandaré nº 654, bairro Jardim São Luís e a Equipe 2 na Rua Bandeirantes, nº 945, bairro Vila Nova.
A secretária adjunta finaliza a nota agradecendo a compreensão da população. Ainda afirma que o Município vem trabalhando para que o HMII volte a disponibilizar atendimentos em breve.
Alteração temporária
As mudanças relacionadas aos atendimentos pediátricos tiveram início no dia 3 de março, um sábado de Carnaval, quando um princípio de incêndio que atingiu um cômodo usado como depósito, na parte superior do prédio. Para oferecer melhor comodidade, os pacientes foram remanejados para a UPA do Parque São José e hospitais particulares.
A gestão municipal adotou duas frentes de serviços; uma emergencial com a manutenção dos atendimentos de urgência, a segunda os encaminhamentos para a recuperação do prédio quando o prefeito foi a Brasília em busca de recursos cujos tramites burocráticos estão em andamento.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário