segunda-feira, 11 de março de 2019

Projeto Desenvolvimento do Cooperativismo Financeiro, executado pelo Sebrae no estado, vai atuar junto as cooperativas da região.


Para tratar de ações voltadas ao cooperativismo de crédito nas regiões Central e Sul Maranhense em 2019, assim como discutir melhorias no acesso ao crédito, o Sebrae Maranhão promoveu recentemente no escritório da instituição em Imperatriz, uma reunião com representantes do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob), o Serviço Nacional de 
Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) e colaboradores do Sebrae das unidades regionais de Açailândia, Grajaú, Balsas, Caxias e Imperatriz, que estão na abrangência de atuação do projeto.
A proposta geral do projeto é fortalecer o segmento do cooperativismo financeiro, visando a melhoria do acesso ao crédito e a outros produtos financeiros para os pequenos negócios, com apoio do Sescoop e do Sicoob. O público alvo são empresas associadas às cooperativas entre 
microempreendedores individuais, micro empresas, produtores rurais e empresas de pequeno porte, nos dois anos de execução do projeto.
A reunião de nivelamento foi comandada pela gerente da Unidade de Gestão e Soluções Empresariais, Keila Pontes, a gestora do projeto Desenvolvimento do Cooperativsimo Financeiro do Sebrae Maranhão, Milena Cabral e a gerente do Sebrae em Imperatriz, Márcia Martins.
“O Sebrae tem atuado diretamente com o cooperado, então com o plano de trabalho, espera- se por meio do projeto de atuação, aumentar o volume de crédito concedido às MPE’s cooperadas, ampliar o número de pequenos negócios associados à cooperativa financeira, diminuir a taxa de 
inadimplência e ainda aumentar a taxa de utilização dos produtos e serviços da cooperativa financeira”, explica a gerente da Unidade de Gestão e Soluções Empresariais, Keila Pontes.
Foram debatidas novas diretrizes, entre outras abordagens, com escuta também das principais necessidades conforme as realidades regionais das cooperativas. As demandas levantadas foram consolidadas num planejamento estratégico que nortearão as ações em 2019. Em março já estão previstas ações capacitatórias.
O dirigente do Sescoop, Adriano Fassini, na ocasião explanou aos presentes o plano de atuação da instituição ao longo do ano. A ideia do Sebrae é que sejam realizadas ações macro que possam ser integradas às propostas do Sescoop e assim as duas instituições atuem alinhadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário