sábado, 23 de março de 2019

Temer vira 'cidadão tocantinense' um dia antes de sua prisão; AL aprova homenagem


Ex-presidente receberá Título de Cidadão Tocantinense
Por uma infeliz coincidência, a Assembleia Legislativa do Tocantins aprovou uma homenagem ao ex-presidente da República, Michel Temer, na véspera de sua prisão. 
O projeto nº 230, de autoria do deputado estadual Valdemar Júnior, colega de partido de Temer, o MDB, concede Título de Cidadão Tocantinense ao ex-presidente pelos "relevantes serviços prestados ao Tocantins". A homenagem foi aprovada por unanimidade nesta quarta-feira (20).
Segundo a Assembleia, a honraria é concedida a pessoas que desempenham papel importante para o desenvolvimento socioeconômico do Tocantins. Com ela, o homenageado passa a ser considerado tocantinense, mesmo que não tenha nascido ou não resida no Estado.
Menos de 24 horas depois, já na manhã desta quinta-feira (21), o ex-presidente foi preso em São Paulo (SP) pela força-tarefa da Lava Jato do Rio de Janeiro (RJ).
O mandado de prisão expedido pelo juiz Marcelo Bretas, da Justiça Federal do RJ, cita que Temer é acusado de comandar uma organização criminosa que desviou dinheiro público. A investigação está relacionada às obras da usina nuclear de Angra III e, de acordo com informações do Ministério Público Federal (MPF), o ex-presidente teria recebido R$ 1,8 bilhão em propinas.
À imprensa, a defesa declarou que entrará com habeas corpus no TRF-2. Para a imprensa, Temer disse que sua prisão era 'uma barbaridade'.
Resta saber se Temer estará preso ou solto no dia de receber a homenagem das mãos do deputado Valdemar Júnior!

Nenhum comentário:

Postar um comentário