terça-feira, 23 de abril de 2019

Atividades de planejamento e lazer marcam lançamento dos desafios do Selo Unicef



Cumprimento dos 8 desafios dentro de um ano garante certificação para Imperatriz

por Maria Almeida

Com participação de representantes das secretarias de Desenvolvimento Social, Esportes, Educação, Saúde e da sociedade civil, foi lançado na manhã desta terça-feira, os oito desafios do Selo Unicef para Imperatriz. Evento ocorreu durante todo o dia no Clube da Associação de Cabos e Soldados e contou com atividade de orientação e planejamento para definição do calendário das ações a serem desenvolvidas até 2020. Além disso, foi realizada uma tarde de lazer e recreação com adolescentes participantes do projeto.
A conquista do Selo, segundo explica a secretária de Desenvolvimento Social, Janaina Ramos, representa as boas ações da gestão em prol das crianças e adolescentes do município.  “Além disso, o Selo é comprovação de que os recursos destinados à esta faixa etária estão sendo aplicados da forma correta. Eu assumo a obrigação de cumprir todos os desafios impostos, pois as ações da política de atendimento ao público infanto juvenil é uma das preocupações da gestão Assis Ramos”, enfatizou.
Ela explica que de acordo com os desafios propostos, o município se compromete a: Promover o direito ao esporte seguro e inclusivo; Promover a alimentação saudável e prevenir a obesidade; conhecer e divulgar a Lei da Aprendizagem para criar oportunidades de conciliar aprendizagem no emprego com permanência na escola; Promover o direito à inclusão digital e ao uso seguro da internet; Promover a educação para a cidadania democrática #Partiu Mudar; Promover a inclusão escolar e a troca de saberes – Fora da escola não pode!; Promover o direito à saúde sexual e reprodutiva e Promover práticas de enfrentamento ao racismo.
Para tanto, diversas ações serão desenvolvidas a partir deste mês até abril do ano que vem. Como estratégia para alcançar as metas, já foi montado o Núcleo de Estudo das Políticas  Infanto Juvenil de Imperatriz, formado por 16 adolescentes, e a Comissão intersetorial pelos direitos da infância e adolescentes, composto por representantes da educação, saúde, sedes, esportes e sociedade civil.
“O primeiro passo já foi dado, que é o planejamento em conjunto com todos os envolvidos no desenvolvimento das atividades voltadas para essa conquista. Hoje, por exemplo, já traçamos algumas metas e definimos como vamos executá-las. Além disso, foi realizada uma oficina com os adolescentes da comissão sobre esporte inclusivo, que está dentre os desafios”, explicou Alberto Clézio, coordenador do Selo em Imperatriz.
O Selo UNICEF é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância voltada à redução das desigualdades e à garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

 


Diversas ações serão desenvolvidas a partir deste mês até abril de 2020 (Foto: Patrícia Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário