terça-feira, 2 de abril de 2019

Livro sobre rio Tocantins será lançado nesta sexta em Imperatriz


“O Imperador da Imperatriz”, do fotógrafo Albani Ramos, aborda a importância do rio do cotidiano da cidade


Em tempos de natureza ameaçada, poder lembrar a história dos rios brasileiros é um dia de festa. Na próxima sexta, dia 5 de abril, será lançado o livro “O Imperador da Imperatriz”, do fotógrafo Albani Ramos. O evento acontece no Imperial Shopping, em Imperatriz, a partir das 19 horas, e se faz acompanhar de uma exposição de grandes painéis com o conteúdo da publicação.
Com 156 páginas, o livro sobre o rio Tocantins é resultado de um projeto que teve início ainda em 2013. Naquele ano, o fotógrafo Albani Ramos partiu em sua primeira expedição embarcada pelas águas deste rio colossal, de grande extensão, que percorre cidades de três regiões do Brasil. Chamado de Imperador no título do livro, sua Majestade, o Tocantins, tem cerca de 2.400 km, sendo o segundo maior curso de água inteiramente brasileiro, atrás apenas do rio São Francisco.
A bacia hidrográfica Tocantins-Araguaia é a maior entre as bacias 100% brasileiras. O Tocantins nasce na região Centro-Oeste, em Goiás, entre as cidades de Ouro Verde de Goiás e Petrolina de Goiás, e percorre mais três Estados, Tocantins, Maranhão e Pará. Deságua no oceano Atlântico perto de Belém.
O livro se divide em cinco capítulos a fim de mostrar a importância do rio no cotidiano da cidade de Imperatriz e seus arredores. Albani Ramos, que mora em São Luís, retornou para a cidade fronteiriça do Maranhão por diversas vezes ao longo de cinco anos. Seu trabalho mergulha, literalmente, na intimidade das populações ribeirinhas, famílias de pescadores, que dependem do rio para o trabalho, o transporte, o lazer e a alimentação. Também destaca a convivência com a rica fauna de aves aquáticas, mamíferos, répteis e tantos outros animais ligados, há séculos, à sobrevivência da mata e das águas.
Os cinco capítulos de O Imperador da Imperatriz são: 1) A cidade do rio; 2) Mercado exuberante; 3) Fauna e flora; 4) Gentes do rio; 5) No curso do Tocantins. O último capítulo, “Um Encontro Direto com a Luz”, condensa um depoimento pessoal do fotógrafo sobre as descobertas e dificuldades do grupo que partiu de barco do cais da avenida Beira-Rio, em Imperatriz, rumo ao Bico do Papagaio, o ponto em que o Tocantins encontra o rio Araguaia.
A espera foi longa, de vários dias, por exemplo, para conseguir enxergar e registrar o Boto em imagens, um bicho discreto, ameaçado por redes e até por armas de fogo, que nas águas da bacia Tocantins-Araguaia se esconde dos homens para sobreviver.
O livro traz pesquisa e textos de Rafilza Aranha, é uma publicação da Editora Zona 5 e contou com o patrocínio de Equatorial Energia CEMAR por meio da Lei de Incentivo à Cultura do governo do Maranhão. Para a exposição e lançamento do livro, também conta com o apoio de Potiguar e Prefeitura Municipal de Imperatriz.


A exposição de fotos fica até o dia 20 de abril no Imperial Shopping, em Imperatriz. Para maiores informações, entre em contato com Albani Ramos: (98) 99974-1396, albaniramos@yahoo.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário