quarta-feira, 3 de abril de 2019

Sedes inicia atendimento às famílias atingidas pelas enchentes


Doação de alimentos e acompanhamento socioassistenciais estão sendo realizados por meio dos CRAS's

por Maria Almeida

As equipes dos Centros de Referência de Assistência Social, CRAS’s, iniciaram na tarde da última segunda feira, 1°, visitas às famílias vítimas de alagamento para levantamento das necessidades mais urgentes que podem ser intermediadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Sedes.
Até o final da manhã de hoje, 02, assistentes sociais já passaram pelos bairros Invasão, Parque Amazonas, Mutirão, Vila JK e Parque Alvorada I e II. “Nosso planejamento é mapear as pessoas que precisam de alimentos (água e cestas básicas), roupas e colchões para poder direcionar as doações da Sedes e acompanhar essas famílias que precisam de atendimento imediato”, explicou a secretária Janaina Ramos.
Ela ressalta que essa ação está sendo feita paralela ao trabalho da Superintendência de Defesa Civil que também estão fazendo mapeamento das famílias para direcionamento aos abrigos, acionamento do Cata Treco para recolhimento de móveis danificados e descartados pelos moradores e doação de colchões. “Nossa preocupação é não os deixar sem o básico, por isso já entregamos umas frutas hoje, serviremos sopão a noite e começaremos doação de cestas básicas ainda essa semana”, ressaltou a secretária.
A moradora da Rua Leão 13, Número 302 - Vila JK, Dalvina Almeida Dias, foi uma das vítimas e relata que perdeu tudo. Sua casa foi invadida nas primeiras horas da manhã da segunda quando o riacho capivara transbordou nas imediações da Avenida São João. “É a segunda vez que alaga aqui, mas nessa proporção foi a primeira. Perdemos 4 colchões, sofá, geladeira e máquina de lavar”, contou.
Pelas marcas deixadas nas paredes, foi constatado que a água atingiu uma altura de 70 a 90 centímetros de altura dentro da sua residência. Para essa família que tem sete pessoas, dentre elas, quatro crianças já foi direcionado atendimento pelas equipes da Sedes e da Defesa Civil.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário