quarta-feira, 22 de maio de 2019

Acadêmicos desenvolvem pesquisa para reaproveitar materiais inutilizáveis e agregá-los na criação de concreto


Um grupo de estudantes e professores do núcleo de Engenharia da Facimp Wyden está desenvolvendo um projeto de pesquisa sustentável motivado pela realidade mundial de consumo e descarte, e que tem como objetivo o reaproveitamento de materiais inutilizáveis da natureza para adicioná-los e transformá-los em tubos de concretos ainda mais resistentes que os comuns e com uma futura utilidade para a sociedade na construção civil.
O estudo tem como objetivo reutilizar materiais que geralmente são lixos descartados sem utilidade pelas indústrias, pela sociedade e construção civil, como alumínio, vidro, tijolo, pneu, possivelmente o plástico, entre outros, para fazer um aglomerado e juntar ao cimento, e consequentemente dar resistência na transformação de tudo isso em concreto.
Todas as engenharias da faculdade estão envolvidas no projeto, mas com ênfase para os cursos de Engenharia Civil e Engenharia Química, e no momento a pesquisa está na fase de captura de fontes desses resíduos da natureza na cidade e parcerias com empresas de construção civil da região, para reaproveitar o material descartado.
A expectativa do grupo de estudo é que até o segundo semestre já tenham as análises iniciais e, em seguida, até o final do ano, a divulgação dos resultados junto a geração de artigos dentro da pesquisa.
O professor de Engenharia da Facimp Wyden e orientador do projeto, Thiago Aguiar, comenta sobre a importância da pesquisa. “A reutilização desses materiais é algo muito pertinente e interessante, pois ajudamos o meio ambiente e a sociedade na qual estamos inseridos”.
Essa pesquisa, além de promover a reciclagem e ter objetivos sustentáveis para a sociedade, também oferece experiências valiosas para os alunos de Engenharia, que terão no projeto a oportunidade de vivenciar a prática de seus estudos teóricos, como também o de estabelecer um contato com empresas da sua área de formação

Nenhum comentário:

Postar um comentário