quinta-feira, 11 de julho de 2019

Apóstola Antônia, evangelismo e responsabilidade social

HOMENAGEM

A entrega da Comenda Frei Manoel Procópio será nesta sexta, 12, no Palácio do Comércio

por Kayla Pachêco

Um dos eventos mais tradicionais do aniversário de Imperatriz, a entrega da Comenda Frei Manoel Procópio, será realizado nesta sexta-feira, 12, às 19h30, no Palácio do Comércio, no Centro, e, integram as festividades dos 167 anos do município. A solenidade que homenageia sete personalidades que fizeram ou fazem história na cidade, mais uma vez será acompanhada da entrega do Troféu Jurivê de Macedo, e da distinção honrosa Orgulho da Gente, que reconhecem o trabalho de profissionais em diversos setores.
Conheça uma das novas comendadoras:
Apóstola Antônia, evangelismo e responsabilidade social
Antônia do Carmo Santiago Bezerra, nascida no dia 15 de outubro de 1946, em Nambuaçu interior de Rosário – MA, é a mais nova dos sete filhos do casal Manoel do Carmo e Maria Aureliana Santiago. Cresceu em uma família humilde, e com a perda do pai aos cinco anos de idade, precisou começar a trabalhar ainda na infância, ajudando a mãe a fazer comida para vender e a lavar roupa para empresas.
Casou-se em 1962 com Manoel de Melo Bezerra, em Rosário-MA. Juntos tiveram 10 filhos, sendo cinco mulheres e cinco homens. Duas filhas faleceram ainda na infância. Viveu por anos viajando, acompanhando o esposo nos trajetos a serviço. Moraram em São Luís por mais de 10 anos. Na capital maranhense ela tornou-se evangélica em 15 de abril de 1970. 
Em 1974 veio para Imperatriz juntamente com a família, morou no centro, e trabalhava nos serviços gerais de um hospital da cidade. Foi também uma das primeiras moradoras do Parque do Buriti, neste período ela e toda a família congregavam na Igreja Batista Memorial, localizada no bairro Juçara. Na qual iam a pé para os cultos.
Morou no bairro Conjunto Vitória, onde foi uma das fundadoras, sendo a terceira a chegar. Neste período ajudou o irmão da igreja, Pedro (que também era morador do bairro), a abrir a primeira igreja nas redondezas, uma congregação da Igreja Batista Memorial.
Na década 90 Deus falou para ela fundar outra igreja, ela sempre obediente, conversou com o seu pastor Welisson, que na época a abençoou para cumprir aquilo que Deus havia proposto. Foi fundada, portanto, a Igreja Batista Monte Sinai, no bairro Conjunto Vitória, se localizando no mesmo endereço até o dia de hoje, tendo como líder o Pastor Nilson Gigante.
Ela foi missionária por 28 anos, pela Igreja Batista. Em 1998 fundou a Comunidade Evangélica Shalom, na rua Monte Castelo. Além da sede, conta com outras 16 congregações filiais, incluindo os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí, Pará, Goiás e Distrito federal. Conta também com missionários no Brasil, México, e no Senegal – África do Oeste.
Na igreja fundou o Ministério de louvor “Fogo Santo”, que possui alguns cd’s lançados. Foi a primeira mulher em Imperatriz a ser consagrada Pastora. E a segunda mulher a ser consagrada a Apóstola no Estado do Maranhão, em 20 de junho de 2010. Exerce também o seu chamado pregando o evangelho em outros países, já foi para países da América do Sul, América central, África e Ásia.
Atualmente, além dos seus oito filhos, tem também 24 netos e cinco bisnetos. Com grande alegria e gratidão ao Senhor, que todos têm crescido conhecendo a Jesus. Da sua descendência há apóstolos, pastores, profetas, pedagoga, químico, advogados, enfermeira, e estudantes nos mais diversos cursos como psicologia, serviço social, medicina, enfermagem e engenharia.
Pela vida dedicada ao evangelismo e às causas sociais, recebe em 2019 a Comenda Frei Manoel Procópio, maior honraria concedida pelo Município às pessoas que dedicam-se à cidade. 

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário