terça-feira, 2 de julho de 2019

Pesquisa sobre rotulagem de carne verifica se os estabelecimentos da região cumprem as normas exigidas


Com o objetivo de prestar a transparência e segurança ao consumidor, uma pesquisa que envolve os alunos dos cursos de Nutrição, Biomedicina e Farmácia da faculdade Facimp Wyden busca verificar a legitimidade dos rótulos dos cortes de carne que são produzidos por estabelecimentos da região, se eles atendem as normas exigidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e determinações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).
O estudo envolve as cidades de Imperatriz e Açailândia e tem como objetivo fazer uma checagem minuciosa de todos os tópicos e informações obrigatórias, tais como a origem e o endereço do estabelecimento, se possuem o carimbo com o selo de inspeção, sobre a instrução da conservação no que diz respeito a refrigeração e congelamento da peça de carne, se estão sendo armazenadas em condições adequadas, sobre o lote, a validade, a lista de ingredientes, valor nutricional e se não possuem cor ou odor estranho, entre outros detalhes que são importantes para o esclarecimento do consumidor.
No momento a pesquisa está na parte teórica, com a atualização completa dos alunos a respeito da legislação vigente, para em seguida irem a campo com os itens obrigatórios bem definidos. A previsão é que a pesquisa se conclua até a metade do próximo semestre.
“Esse estudo é importante pois informa ao consumidor se a empresa pratica a transparência ao cliente, cedendo todas as informações necessárias para atestar que o produto vem de um ambiente fiscalizado e que garante a segurança alimentar para o consumidor”, relata a professora da Facimp Wyden e engenheira de alimentos, Camila Trigueiro, sobre a relevância da pesquisa junto aos alunos que ela coordena nesse estudo

Nenhum comentário:

Postar um comentário