quinta-feira, 11 de julho de 2019

Promotora Maria José Lopes Correa, atuação em defesa da cidadania

HOMENAGEM

A entrega da Comenda Frei Manoel Procópio será nesta sexta, 12, no Palácio do Comércio

por Kayla Pachêco

Um dos eventos mais tradicionais do aniversário de Imperatriz, a entrega da Comenda Frei Manoel Procópio, será realizado nesta sexta-feira, 12, às 19h30, no Palácio do Comércio, no Centro, e, integram as festividades dos 167 anos do município. A solenidade que homenageia sete personalidades que fizeram ou fazem história na cidade, mais uma vez será acompanhada da entrega do Troféu Jurivê de Macedo, e da distinção honrosa Orgulho da Gente, que reconhecem o trabalho de profissionais em diversos setores.
Conheça uma das novas comendadoras:
Promotora Maria José Lopes Correa, atuação em defesa da cidadania

Filha de um agricultor e uma costureira, a homenageada é natural de Arari, na baixada maranhense, terra que a viu nascer, mas escolheu Imperatriz para vê-la crescer. A Princesa do Tocantins a adotou e tornou-se sua terra-mãe. Aqui firmou residência há quase 30 anos, criou sua filha, Andrezza Karlla, e se firma para o trabalho que tem realizado em todo o estado, como membro do Ministério Público do Maranhão, já tendo atuado, além de Imperatriz, nas Comarcas de Carolina, Estreito, Porto Franco, Montes Altos, Grajaú, Tuntum, Amarante, Barra do Corda, Dom Pedro, Presidente Dutra, Senador La Rocque e Açailândia.
É graduada em Economia e Direito, com formação também em Psicanálise, integrante do Corpo Freudiano - Escola Internacional de Psicanálise, Núcleo de Imperatriz. Pós-graduada em Direito Penal, Especialista em Direito Processual Penal. Mestra em Direito Processual Constitucional e Doutoranda em Ciências Criminais.
Promotora de Justiça, é titular da Promotoria de Justiça da Comarca de João Lisboa, com atribuições cível, criminal, administrativa e eleitoral. É autora de projetos integrantes do Banco Nacional de Projetos do Conselho Nacional do Ministério Público e do Instituto Innovare, dentre eles o Ler, Escrever e Pensar: Conscientizar para Transformar, de combate à corrupção primária, que instiga o cidadão a refletir sobre a importância de mudar sua própria conduta para a transformação social e política do País.
Atualmente, desenvolve o "Ler, Escrever e Pensar: Conscientizar para Transformar" em parceria com a Prefeitura de Imperatriz em escolas da rede municipal. Esse projeto já foi aplicado a mais de 120 mil estudantes maranhenses. Com ele, a autora foi premiada em 2018 pelo Conselho Nacional do Ministério Público, presidido pela Procuradora Geral da República, Raquel Dodge. Também foi premiada por 98 Instituições que integram a Estratégia Nacional de Combate à corrupção, liderada pelo então juiz e atual Ministro da Justiça, Sérgio Moro.
Em suas palavras, a família a sustenta. O Ministério Público a motiva. Se o Direito é seu guia, a justiça é sua grande causa. Pela trajetória dedicada em defesa da ordem jurídica e da sociedade, bem como pela relação de amor por Imperatriz, recebe em 2019 a Comenda Frei Manoel Procópio. 

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário