quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Câmara realiza sessão ordinária com muitas indicações para os bairros de Imperatriz


Vereadores questionam a falta de execução e preparam projeto para emendas impositivas


Várias indicações para os bairros foram feitas e encaminhadas nesta quarta. Os vereadores aguardam agora que o executivo municipal dê a resposta

Sidney Rodrigues - ASSIMP
Foto - Sidney Rodrigues
            
O Poder Legislativo Municipal realizou nesta terça-feira, 14 de agosto, a 4ª sessão ordinária do segundo semestre de 2019, com a presença dos 21 vereadores.
            Oito indicações foram lidas e encaminhadas ao Executivo Municipal. Tratam de drenagem, pavimentação asfáltica com meios-fios e sarjetas no Parque Independência e Bairro Santa Rita (Maura Barroso e Carlos Hermes); implantação de linha de ônibus no Colinas Park (Fabio Hernandez); regulamentação de estacionamento em ruas no Bacurí (Bebé Taxista); reforma, climatização de escola e cobertura de quadras poliesportivas nos povoados Mutirão, olho D'água e Petrolina (Chiquim da Diferro); recuperação asfáltica na Vila Fiquene (Pedro Gomes); pedido de realização do “Programa A Gente Faz Cidadania” na Vila Machado (Adhemar Jr) e redutores de velocidade, com faixas de pedestres no Bairro Juçara.           
            Aconteceu ainda encaminhamento às comissões competentes de projetos de lei ordinárias e decretos, alem de moção de aplausos: Denominação de Carlos Gomes de Amorim para o Calçadão de Imperatriz (Hamilton Miranda); medalha do mérito legislativo ao Sr Nailton Jorge Lyra (José Carlos Soares); Títulos de cidadania aos Srs. Bernardino da Silva e Raimundo Carneiro (Pedro Gomes e Ricardo Seidel) e moção ao diretor do grupo mirante Alan Kardec Neto e aos organizadores do Arraiá da Mira pela sua contribuição a cultura local (Fabio Hernandez).
            O vereador Aurélio Gomes (PT) fez a observação de que a questão das indicações deveriam ser retiradas da Câmara, pois de nada tem servido, já que o executivo municipal não atende aos pedidos e reivindicações do legislativo. “O ideal seria juntarmos um bloco de vereadores, convidar o secretário para apresentar os planejamentos para os bairros e saber qual seria mais viável. Das mais de cem indicações apresentadas nesse ano se tiverem sido atendidas duas, foram muitas. Vemos vereadores tirando dinheiro do bolso para arrumar seus bairros, é lamentável. E isso tanto faz ser vereador de situação como de oposição. Ou fazemos e aprovamos emendas impositivas ou estaremos aqui só fazendo movimento sem retorno algum para a cidade”, disse.
            João Silva (PRB) disse que o executivo não dá o valor devido ao vereador, e que ele irá apresentar o projeto de emendas impositivas. “Nem que eu tenha que romper ou brigar com quem quer que seja, não irei terminar meu mandato sem deixar isso aprovado e em vigor, pois sou um homem público e deixarei esse legado para esta cidade e a esta casa”.
            O vereador informou ainda que a procuradoria da Câmara de Imperatriz foi a São Luís pegar todo o processo de emendas impositivas que foi feito na assembleia legislativa do estado e fazer igual a que foi aprovada lá, para que não ocorram erros ou inconstitucionalidade diante da lei e dos órgãos legisladores.




Nenhum comentário:

Postar um comentário