quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Cuidados com a pele são essenciais na prevenção do câncer

SAÚDE

Caroços e pequenas feridas que não saram são os principais alertas de que algo não está bem

por Ariel Rocha

Com o sucesso do período de veraneio 2019, a Prefeitura de Imperatriz por meio da Secretaria Municipal de Saúde, divulga alguns cuidados primordiais para curtir as praias às margens do Rio Tocantins. Afinal, a exposição prolongada aos raios solares causa comumente danos degenerativos ao corpo.  
Além do bronzeado e do estímulo a produção de Vitamina D, tomar sol entre 15 a 30 minutos diariamente, antes das 8h e após as 17h, ajuda na produção de endorfina, o hormônio da felicidade.
Mas as precauções necessárias evitam o aparecimento de marcas, manchas, envelhecimento precoce e tumores cancerígenos na pele. Visto que esse tipo câncer é o mais comum no Brasil: são 180 mil novas ocorrências por ano no país. Apesar de existir uma relação com fatores genéticos, a exposição prolongada e imprudente é um dos fatores de risco, principalmente no período de veraneio.
O médico dermatologista do Centro Dermatológico Municipal, Pedro Júlio Gonçalves, explica que as lesões na pele ocorrem por meio de um processo inflamatório degenerativo, podendo formar assim o câncer. “O primeiro fator é a cor da pele, quanto mais clara ela for, mais vulnerável está. Mas a quantidade de luz que recebemos nela também aumenta as chances de lesões”, completou.
Exposta durante toda a vida aos raios ultravioleta do sol, a pele é o maior órgão do ser humano. Cuidados essenciais devem ser tomados, principalmente o uso diário de protetor solar, se atentar para os horários adequados para tomar sol e hidratar-se com freqüência.
A estudante Juliana Vicente vê como indispensável o uso diário do protetor solar, mesmo quando não se expõem a luz do sol. Como precaução, ela também procura beber bastante líquido. “Ando sempre com a minha garrafinha de água, além de fazer bem para o funcionamento do meu corpo, deixa a pele maravilhosa”, contou.
Para o dermatologista Pedro Júlio, esses cuidados devem ser tomados desde criança, pois a ação dos raios solares sob a pele é acumulativa. “O problema não é o sol que tomamos hoje ou amanhã, a grande questão é o sol que tomamos durante toda a vida”, constatou.
Então, o que fazer ao longo da vida? O médico explica que o ideal é usar protetor solar, mas quem precisa ficar exposto, todos os dias, deve tomar outras medidas conjuntas. “Usar chapéu de aba larga, tipo mexicano, vestir blusas longas de cores claras, que protejam pescoço, colo e braços”, explicou.  
É preciso estar atendo para além da proteção física. A hidratação líquida do corpo e uma alimentação saudável, rica em verduras, frutas e vegetais, são essenciais para os cuidados. “Precisamos também ingerir coisas que auxiliam combater o processo inflamatório e estar bem hidratados. Todas essas precauções vão interferir diretamente na prevenção, então é um conjunto de cuidados”, completou.

Quais são os sinais de alerta para o câncer de pele?
- Caroços e pequenas feridas que não saram.

Quais lugares procurar?
- A Unidade Móvel Oncológica do Município realiza atendimentos e exames para detectar.
- As Unidades Básicas de Saúde Três Poderes, Doutor Milton Lopes e Vila Nova também realizam atendimentos dermatológicos.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário