quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Grupo Tático de Trânsito vai completar um ano de funcionamento

PERÍCIAS

A unidade conta com uma equipe de 11 agentes de trânsito e viaturas à disposição exclusiva para o atendimento gratuito e 24 horas

por Gil Carvalho

Criado com objetivo de desenvolver ações de emergência em situações de acidentes, o Grupo Tático de Trânsito, GTT, da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, Setran, completa no próximo dia 20 de agosto um ano de funcionamento em Imperatriz.
O secretário Leandro Braga explica que o grupamento especial é utilizado no pronto emprego em operações para assegurar levantamentos periciais e atuando também em apoio a todas as unidades operacionais da Setran. “Os agentes de trânsito foram capacitados através de parceria celebrada com a Faculdade Devry – Facimp e peritos criminais do Icrim”, disse.
Segundo ele, a unidade conta com uma equipe de 11 agentes de trânsito e viaturas à disposição exclusiva para o atendimento gratuito e 24 horas à população imperatrizense, onde fazem acordos no local de acidente sobre os danos e registram Boletim de Ocorrência de Acidente de Trânsito - BOAT.
O diretor do Instituto de Criminalística – Icrim, Francisco Cristiano, destacou a importância do trabalho realizado pelos agentes de trânsito ao longo desses 12 meses, reforçando, nesta parceria, a disponibilidade do Icrim. Os peritos criminais Pablo Alcântara e Adeilton Moreira também parabenizaram os serviços realizados pelo grupamento especial de trânsito destacando a excelência do atendimento colocado à disposição da população, a precisão e a excelência com que atuam.
O diretor executivo da Setran, Ráder Leão, observa que “este é um momento especial para a instituição e tenho certeza que vamos alcançar ainda mais com boa vontade e muito trabalho da equipe”.
“O serviço realizado é fruto de muito treinamento e agradeço a todos vocês por serem verdadeiros agentes de trânsito que solucionam conflitos e buscam a conciliação nos momentos mais frágeis dos motoristas quando estão envolvidos em acidentes e que cuidam da mobilidade, da segurança viária e do trânsito da cidade”, frisou.
Para o coordenador do grupamento especial, o GTT, Edmilson Vieira, pós-graduado em “Perícias em Acidente de Trânsito sem Vítima”, relembrou momentos da história da Setran e do trabalho desenvolvido junto à população de Imperatriz. “Temos avaliado que cada vez mais o agente de trânsito é necessário como condutor da cidadania e evoluímos muito com o passar dos anos, pois é no trânsito que passa a vida”, disse.
Vieira avalia que a criação do Grupamento Tático de Trânsito passou por boa experiência, mostrando a quantidade de ações integradas na cidade com o Icrim-MA (Instituto de Criminalística do Maranhão); Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU; Polícia Militar e Polícia Civil. “Estamos cada dia mais preparados para isso”, afirma.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário