terça-feira, 20 de agosto de 2019

Municípios buscam conhecimento sobre a Coleta seletiva de Imperatriz

SUSTENTABILIDADE

Açailândia, Grajaú e Porto Franco já fizeram troca de experiências sobre o projeto

por Léo Costa

A coleta seletiva de resíduos sólidos, executada desde 2017 pela Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Semmarh e Secretaria de Limpeza Pública, SLP, continua atraindo visitantes de diversos municípios maranhenses interessados em conhecer o funcionamento do projeto. A iniciativa coloca Imperatriz entre os 7 principais municípios brasileiros que mais reciclam materiais, com 4,7%, acima da média nacional de 3,7%, e campeã do 1º Prêmio de Gestão Ambiental do Maranhão. 
“Ficamos contentes em receber mais um município da região para um momento de transmissão de conhecimento sobre um assunto tão importante. Esperamos que esse momento seja de grande contribuição para o trabalho que irão implantar em Porto Franco. É importante que eles conheçam como é a coleta seletiva, quais os investimentos e os agentes que fazem parte desse processo.”, declarou Rosa Arruda, titular da Semmarh.
Depois dos municípios de Grajaú e Açailândia, agora foi a vez de uma equipe da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Porto Franco conhecer o funcionamento da coleta seletiva de Imperatriz. Os visitantes participaram na segunda-feira (20), de reunião na Semmarh e conheceram as atividades do Ponto de Entrega Voluntária (PEV), Vila Cafeteira, e da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Imperatriz (Ascamari).
“Essa troca de experiências é de grande relevância para o bom funcionamento do projeto em Porto Franco. A intenção é começarmos até o próximo mês com a posse da diretoria da associação de catadores, entrega de equipamentos de proteção de segurança e do galpão onde funcionará as atividades da entidade”; informou Pedro Horácio, secretário adjunto de Agricultura e Meio Ambiente.
Com 23.511 habitantes, dados do IBGE, Porto Franco conclui de agosto a setembro o Plano Municipal de Saneamento Básico, que contempla a coleta de resíduos sólidos. O próximo município a fazer essa troca de experiência com Imperatriz será Pastos Bons, cidade de 252 anos, com 18.079 habitantes, localizada no Leste Maranhense.
De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, lançada em 2010 através da Lei nº 12.305/10, cada município deve implementar o Plano Municipal de Resíduos Sólidos (PMRS) e, a partir disso, colocar em operação a coleta seletiva. Dados de uma pesquisa realizada em 2018 pelo Compromisso Empresarial pela Reciclagem (Cempre), apontam que apenas 22% das cidades brasileiras, 1.227, possuem o programa.
O encontro contou com a participação de representantes da VLI Multimodal S.A, que através do programa de Educação Ambiental desenvolve ações de forma participativa em toda a extensão organizacional da VLI e tem como objetivo ampliar os níveis de consciência ambiental dos empregados, bem como das comunidades em sua área de influência.
Coleta Seletiva em números
De 2018 ao primeiro semestre deste ano, o projeto de coleta seletiva de Imperatriz coletou 495.380 toneladas de materiais recicláveis que são destinados à Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Imperatriz, Ascamari, localizada na Avenida Cacauzinho, s/n, Recanto Universitário, Vila Fiquene. A iniciativa beneficia 200 famílias que vivem em situação de vulnerabilidade econômica. A Secretaria de Limpeza Pública, por meio da empresa Sellix Ambiental, é responsável por toda logística e, para isso, utiliza caminhões baú e carrocerias de madeira, com capacidade de até 30 toneladas, para coleta e transporte do material.
O projeto consiste em um sistema de recolhimento de materiais recicláveis descartados por pessoas ou empresas, separados em papéis, plásticos, metais e orgânicos. A cidade oferece 12 Pontos de Entrega Voluntária (PEVs), que recolhem resíduos que ainda podem ser reutilizados. As atividades também são desenvolvidas em parceria com empresas, condomínios, agências bancárias, escolas, igrejas e instituições em geral.
Para manter contato com a equipe da Coleta Seletiva, os interessados podem ligar no Disque Coleta; (99) 99218-4275 ou na empresa Sellix Ambiental, (99) 99191-9180.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário