quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Siqueira Campos passa menos de 30 dias como senador, tira licença e Gomes reassume cargo


No Senado, Siqueira apresentou 24 peças legislativas e outros requerimentos para fins diversos.

Siqueira Campos
O senador Siqueira Campos MDB) tirou licença para tratamento de saúde e já terminou sua primeira passagem pelo Senado Federal nesta quarta-feira (14). Com isso, Eduardo Gomes reassume a vaga.
Gomes estava há um mês como secretário de Estado da Governadoria do Governo do Tocantins. O pedido de exoneração dele foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta quarta-feira.
No Senado, Siqueira apresentou 24 peças legislativas e outros requerimentos para fins diversos. Ao comentar sua saída, ele disse se sentir honrado em representar o Tocantins no Senado aos 91 anos. “Não tenho o mesmo vigor físico de antes, mas a mente ferve com ideias e o coração transborda de alegria e emoção por representar o Estado dos meus sonhos, o Tocantins, no Parlamento", disse.
Siqueira também falou que os trabalhos se intensificarão no Senado com o debate sobre a reforma da Previdência e acrescentou que 'a missão será mais bem desempenhada’ por Eduardo Gomes. “Homem honrado e preparado, que está apto para a longa, pesada e acalorada rotina de debates”, frisou. 
Embora o afastamento decorra de suas condições de saúde, Siqueira Campos dispensou a remuneração prevista nesses casos e não vai gerar despesas para o contribuinte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário