sábado, 19 de outubro de 2019

Encontro discute medidas para reduzir alagamentos nas margens do riacho Cacau

PREVENÇÃO

‘Força-tarefa’ atuará na limpeza de pontos críticos do riacho Cacau

por Gil Carvalho

Em reunião realizada na manhã desta sexta-feira, 18 de outubro, no gabinete da Sinfra, a Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil, Sumpdec, apresentou aos secretários de Infraestrutura, Zigomar Filho; de Meio Ambiente, Rosa Arruda, e o de Limpeza, Alan Jhones, laudo técnico fotográfico que aponta diversos problemas na calha do riacho Cacau em Imperatriz.
De acordo com a técnica Elayne Cristina, da Defesa Civil, o assoreamento do leito e a construção de obras irregulares em Área de Preservação Permanente, APP, provocaram a diminuição da vazão d’água e, consequentemente, os alagamentos nos Parques Alvorada I e II, Anhanguera e Bacuri. “O município foi atingido por mais de 120 milímetros de precipitação de chuva no mês de abril deste ano, não conseguindo suportar a grande quantidade de água que acabou desaguando lentamente no Rio Tocantins”, ressaltou.
Ela mostrou através de slide alguns pontos da calha do Riacho Cacau, na altura do Parque Alvorada I, onde moradores despejaram entulhos dificultando o fluxo da água; grande quantidade de lixo doméstico, construção de açudes e galhos de árvores dentro do rio. “Temos como alternativas para reduzir os impactos, realizar limpeza geral da área com máquinas pesadas, aprofundamento e alargamento da calha, e o embargo imediato de obras em áreas de APP”, recomendou.
O secretário de Limpeza, Alan Jhones, observou que a duplicação da BR-010 com a construção de duas pontes de concreto sobre o Riacho Cacau diminuiu a vazão d’água na calha do rio; aumentou os alagamentos e defendeu que a empresa responsável pela obra seja notificada pelos órgãos de fiscalização. “Vamos concentrar esforços e através de uma ‘força-tarefa’ fazer a limpeza desses pontos críticos no leito do riacho”, anunciou.
Zigomar Filho, secretário de Infraestrutura, reiterou que desde o começo da gestão o prefeito Assis Ramos manifesta preocupação em resolver os principais pontos de alagamento nos bairros investindo em obras de drenagem profunda, construção de pontes de concreto, limpeza dos riachos e córregos e aprofundamento da calha. “A Prefeitura também fará intervenções para amenizar essa situação no riacho Cacau, viabilizando equipamentos necessários para a remoção desses obstáculos”, frisou.
O superintendente da Defesa Civil, Josiano Galvão, diz que “é preciso que todos se conscientizem evitando despejar entulhos, resíduos e desmatar áreas que ficam próximas ao leito do riacho Cacau”. “Essas medidas contribuem a reduzir enchentes nos bairros de Imperatriz”, concluiu.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário