quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Escolas municipais apresentam projeto “Descobrindo Imperatriz" no Salimp

FEIRA DO LIVRO


Alunos das escolas Elisa Nines e Manoel Ribeiro apresentaram atividades

por Luana Barros

Escola Municipal Elisa Nunes apresenta projeto “Descobrindo Imperatriz: o protagonismo feminino na cidade de Imperatriz”, no espaço Café Literário, no Salão do Livro de Imperatriz, nesta quarta-feira, 09. Apresentações musicais, declamação de poesias, literatura de cordel e biografia de personalidades da cidade, como Izaura Silva, Edelvira Marques, Conceição Formiga e tantas outras personagens compõem o espetáculo dos alunos da rede pública de ensino.
Projeto estendido aos alunos da Escola Manoel Ribeiro, no povoado Centro Novo, os estudantes dividiram as apresentações entre o palco e a explanação com banner. A iniciativa começou a ser trabalhada ainda no mês de março, com imersão na pesquisa da história de Imperatriz. “Desde que comecei a trabalhar a disciplina de história, senti a necessidade de aprofundar no conteúdo regional, pois os alunos pouco sabem da nossa história”, explicou a professora responsável pelo projeto, Márcia Cristina Leal Sousa.
Autores locais conhecidos pelas publicações sobre história socioeconômica da região, como Edelvira Marques e Adalberto Frankiln foram as referências para a pesquisa bibliográfica. Já para a escolha das personagens femininas, foram citadas as que marcam ou deixaram seu legado nas contribuições para o crescimento da cidade, nos âmbitos social, educacional e cultural.
Ana Victória Pereira Santos, 13 anos, aluna do 9º ano do Ensino Fundamental e integrante da iniciativa, admite estar feliz com o resultado. “Achei um projeto bem idealizador, focado na história de Imperatriz, de mulheres importantes para a construção da nossa cidade, que me deixou satisfeita em participar”, declarou.
Prestigiando o evento, Daniela Sousa Cortez, filha da Professora Iolanda Eulina Cortez, uma das homenageadas, agradece emocionada o reconhecimento. “É uma satisfação, um aconchego para o coração em saber que o trabalho da minha mãe, a vida dela que era o trabalho, influenciou de forma positiva tantas pessoas. É a história dela que continua na vida dos outros. Essas manifestações demostram que ela continua viva pelo seu legado na educação”, disse emocionada.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário