quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Prefeitura inicia climatização do teatro Ferreira Gullar


O Município também é responsável pelas contas de luz e água do teatro

por Rafael Pestana

Nesta terça-feira, 10 de dezembro, o presidente da Fundação Cultural de Imperatriz, FCI, José Carneiro, o Buzuca, fiscalizou e acompanhou de perto a colocação das novas centrais de ar no Teatro Ferreira Gullar. A casa de espetáculos, que antes possuía apenas três centrais antigas, que além de consumirem muita energia, não supriam a grande demanda do local, recebe da Prefeitura de Imperatriz, ao todo, sete novos aparelhos de ar-condicionado, sendo eles de potência entre 60.000, 18.000 e 12.000 BTUs.
Palco, plateia, camarim e recepção serão climatizados, proporcionando conforto aos frequentadores e artistas que se apresentam no teatro da cidade. Iniciado nessa manhã, o serviço de instalação dos novos aparelhos de ar-condicionado deve seguir e ser concluído até o próximo sábado. A iniciativa da Prefeitura, que também é o órgão responsável pelo custeamento das contas de água e energia do local, marca uma das etapas finais de preparação para o retorno das atividades no Teatro Ferreira Gullar.
Buzuca destaca que hoje é um dia especial, “principalmente para os artistas e o pessoal do teatro, que tem lutado tanto para ter a casa de espetáculos funcionando novamente. E graças a Deus, nosso prefeito Assis Ramos autorizou a climatização do teatro. Só temos a agradecer ao prefeito, por mais uma vez cumprir com as suas promessas. Para a gente, hoje é um motivo de felicidade, nós que estamos à frente da Fundação Cultural ficamos muito felizes por estar realizando mais esse trabalho. ”
Das sete novas centrais de ar, mais três das antigas que se encontram em boas condições, serão dispostas seis de 60.000 BTUs na plateia e uma no palco. Duas de 12.000 BTUs serão colocadas nos camarins e uma de 18.000 BTUs na recepção, no hall de entrada do teatro. O artista imperatrizense Rogério Benício, da Companhia de Teatro Okazajo, comenta que ele, “junto com outros artistas da cidade, outras companhias, temos a necessidade de ter esse teatro para fazermos as nossas apresentações. E com ele parado, além da saudade, a gente estava praticamente sem trabalhar, na área que a gente ama, que é a arte. ”
O artista, que também faz parte da Associação Artística de Imperatriz, Assart, ressalta que ao procurar o prefeito Assis, explicou a situação do teatro e, “ele foi muito solicito e num tempo recorde, buscou a forma que poderia nos ajudar, porque não é um valor barato para o que estávamos precisando. Então estamos muito felizes, nesse fim de ano, é nosso presente de natal. Depois de quase dois anos, estamos voltando para casa. Ter esse teatro funcionando não é bom só para os artistas, é bom para a população, para a cultura local, então isso é muito importante para a gente”, declara Rogério Benício.
O teatro Ferreira Gullar tem sido palco de diversas manifestações culturais da cidade, comportando além das artes cênicas, danças, espetáculos musicais, projetos audiovisuais, entre outras. “Não tenho dúvida que os artistas de imperatriz estão felizes, por verem a casa deles, aonde eles trabalham, onde mostram sua arte, totalmente climatizada. Se para a gente é gratificante, imagine para eles que usam o teatro como meio de sobrevivência. Por isso agradecemos ao Assis, e que Deus continue abençoado e dando sabedoria para saber conduzir, a cada dia, a prefeitura de Imperatriz”, conclui José Carneiro, presidente da FCI.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário