sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Prefeito Assis Ramos assina Ordem de Serviço para construção de Escola no Residencial Sebastião Régis

FUNDEF

Benefício irá atender mais de 2 mil famílias que residem no local, com crianças em idade escolar.

por Sara Ribeiro

Em menos de 15 dias, a Prefeitura de Imperatriz autorizou reforma, ampliação e construção de seis instituições de ensino. Nesta sexta-feira, 28, foi dia de assinar a ordem de serviço para construção da Escola Municipal do Sebastião Régis. Benefício irá atender mais de 2 mil famílias que residem no local, com crianças em idade escolar.
Construída em terreno com mais de 1.800m², a Escola será destinada a alunos do Ensino Fundamental, até o 9º ano e será erguida com a mesma estrutura de metodologia inovadora da Escola do Habitar Brasil, com material de polímero com estruturas de concreto em PVC, cobertura metálica com telhas termoacústica, forro antichamas.
Composta por 10 salas de aula, climatização total, refeitório, laboratório de informática, administrativo, sala dos professores, biblioteca e sanitários, a grande novidade para essa instituição é a estrutura com quadra de esportes coberta. “A previsão contratual de conclusão da obra são de 120 dias”, declarou o secretário de Educação, José Antônio Pereira.
“A ordem de serviço foi dada e estou satisfeito com mais esse investimento, com auxílio do recurso do Fundef. Porém, vale lembrar, que estamos fazendo mais de 400 obras e ações no município. Nunca ninguém fez mais com recurso próprio”, relembrou o prefeito Assis Ramos.
Outro benefício para a população do bairro é a geração de emprego e renda que será proporcionada pela construção da escola. A construtora responsável comprometeu-se a contratar toda a mão de obra, com serviços de pedreiros, ajuntes e outras funções, de pessoas da própria comunidade.
Para a moradora Dolores da Silva Pereira “a escola será um benefício maravilhoso, porque muitas mães não tem como deixar os filhos na escola do bairro próximo. Mesmo com transporte escolar concedido pela Secretaria de Educação para levar as crianças, uma escola no bairro vai ser um grande benefício”, destacou.
EQUIPAMENTOS – Em paralelo às obras, a Secretaria de Educação está equipando todas as escolas com necessidades de mobiliários, eletrodomésticos, material de expediente e limpeza. Também nesta sexta-feira, chegou ao Almoxarifado da Semed mais 40 freezers para distribuição nas unidades de ensino.

Imagens:

Lei municipal dispõe sobre mordeduras de cães

PROTEÇÃO

Precauções em relação aos cães de guarda devem ser tomadas

por Ariel Rocha

Lei municipal nº 1.721/2018 estabelece diretrizes de segurança e proteção contra mordedura de cães em Imperatriz. Os imóveis residenciais e comerciais que possuem animais de guarda devem estar sinalizados sobre a presença dos mesmos, com placas indicativas de alerta em lugar visível e de fácil leitura. É de responsabilidade do proprietário do local garantir a segurança de funcionários dos Correios, leituristas de água e luz, coletores de lixo e Agentes Comunitários de Saúde e Endemias contra ataques. 
De acordo com o médico veterinário e coordenador da Unidade de Vigilância em Zoonoses, Paulo Henrique, os cães que exercem a função de guarda são treinados para proteger e serem agressivos em situações necessárias. “Por conta disso, as precauções a respeito do animal de guarda devem ser tomadas, para que não haja incidentes, como fugas ou ataques à prestadores de serviços públicos ou privados”, explicou. 
A legislação municipal dispõe ainda que atos danos cometidos por animais são de inteira responsabilidade de seus tutores, respondendo o proprietário pelas avarias que o animal causar a terceiros. Em conformidade, a lei estadual  nº 10.761/2017 define que a condução de qualquer cão em locais de grande fluxo de pessoas devem ser efetuadas com guias reguláveis ou não, independente da raça ou tamanho. O veterinário recomenda ainda o uso de focinheira em cães de grande porte, pois situações inesperadas podem ocorrer. 
Para a jornalista Denise Falcão, os cães de estimação nutrem grande carinho por seus tutores, ocasionando por vezes um comportamento de proteção e de ciúmes. “Sempre que vou passear com meu cachorro, que é de grande porte, tenho o cuidado de usar focinheira. Quando saio de casa com ele, entendo que seu comportamento é total responsabilidade minha e, para evitar qualquer situação desagradável, prefiro optar pela prevenção”, explicou.

Imagens:

Declaração de Rendimentos estará disponível no Portal do Servidor

INOVAÇÃO E TRANSPARÊNCIA

Sistema online facilita a vida de servidores que antes precisam se descolar e enfrentar filas

por Ariel Rocha

A partir de segunda-feira, 02 de março, estará disponível no portal da Prefeitura a emissão da Ficha Financeira Anual de Rendimentos, para fins de Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física referente ao exercício financeiro de 2019. Pelo segundo ano consecutivo, o dispositivo online facilita a vida dos servidores municipais, já que a emissão do documento era apenas realizada no Departamento de Recursos Humanos e em algumas secretarias.
De acordo com o superintendente da área de Tecnologia e Informação, Derek Cunha Lima, da Secretaria de Administração, Seamo, a ferramenta gera praticidade no processo de efetuar a declaração. O acesso poderá ser feito de qualquer computador ou smartphone. “Quem tiver o cadastro no portal do servidor vai ter acesso, tanto ao contracheque quanto à declaração de rendimentos. Caso não tenha cadastro, poderá fazê-lo no site com suas informações pessoais e a matrícula funcional”, destacou.
A emissão no site segue a iniciativa da gestão, que realiza uma série de medidas modernizadoras no intuito de facilitar a vida dos funcionários, como é o caso do contracheque online, que gera a economia de mais de 100 mil reais ao ano. O secretário da Seamo, José Antônio Pereira, explica que “além de evitar o desgaste para os funcionários que antes precisam se locomover e enfrentar filas, a emissão virtual traz toda a informação possível, e, assim, garante mais transparência na gestão”.
Passo a Passo
Para obter as informações financeiras, profissionais podem ir à aba Transparência do site da Prefeitura de Imperatriz e acessar o Portal do Servidor. Na área de serviços online, poderá abrir seu cadastro individual e conferir na lista de contracheques o comprovante de rendimentos, que estará disponível em formato PDF, pronto para impressão.
Regras de obrigatoriedade da Receita Federal:
São obrigados a declarar o Imposto de Renda os contribuintes que receberam rendimentos tributáveis (como salários e aluguéis), cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70.

Imagens:

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Deputado Hildo Rocha prestigia abertura do carnaval de Estreito, Campestre e `Porto Franco



O deputado federal Hildo Rocha participou no último sábado da abertura da temporada carnavalesca da cidade de Estreito. Além do parlamentar e do prefeito Cicin, também participaram do evento: a Primeira Dama, Débora Moraes (Secretária de Assistência Social); Dr. Cássio (Secretário de Saúde); Dr. Roberto Carlos (Secretário de Eventos e Comunicação); Bruno (Secretário de Meio Ambiente) e os vereadores Helismar Moreira, Pedro Pacheco e Joacy Bezerra.

O deputado Hildo Rocha destacou que desde o primeiro ano de mandato o prefeito Cicin sempre se esforçou para proporcionar à população um carnaval do jeito que a população de Estreito merece.

“Acompanho o carnaval de Estreito desde o primeiro ano do primeiro mandato do Cicin e percebo a grande evolução. A cada ano o prefeito Cicin faz um carnaval melhor, tem sido assim durante os oito anos de seu mandato. O prefeito sempre se esforça para fazer um carnaval que o povo de Estreito merece”, afirmou Hildo Rocha.

O prefeito Cicin agradeceu todos que colaboraram para os oito carnavais que ele realizou e falou da felicidade de poder contar com a presença do Deputado Hildo Rocha na abertura oficial do carnaval 2020.

“Agradeço a Deus, em primeiro lugar, por ter realizado todos os anos dos meus dois mandatos carnavais de alto nível, hoje o melhor carnaval do sul do Maranhão é aqui em Estreito. Agradeço também aos meus parceiros que muito me ajudaram nesses carnavais. Fico feliz por poder contar com a presença do meu parceiro, esse deputado atuante, comprometido com o municipalismo do Maranhão que é o Deputado Hildo Rocha. Quero agradecer apoio que você, Hildo Rocha, tem proporcionado à nossa gestão, ao povo de Estreito, durante o meu mandato. Conte comigo, você tem um eterno parceiro para lutar pelas causas do Maranhão. Em nome da população de Estreito, quero lhe agradecer por tudo que você já fez por nosso estado e pelo nosso município. Tenho certeza de que você ainda irá fazer muito mais em prol do Maranhão. Receba, portanto, o nosso agradecimento, o nosso reconhecimento”, declarou o prefeito Cicin.



Campestre

Ao lado do prefeito Valmir Moraes,O deputado federal Hildo Rocha participou do grandioso carnaval na cidade de Campestre. Rocha, Valmir, o pré-candidato Pablo, vereadores e secretários foram recebidos com entusiasmo pelos foliões que foram brindados com o super show da cantora Náguia Brasil.

“Um carnaval tranquilo, animado, bem organizado, excelente. O prefeito Valmir valoriza as festas que a população gosta. No carnaval deste ano não foi diferente, novamente ele se esforçou para proporcionar excelente carnaval para a população. Tive, mais uma vez a oportunidade de participar do carnaval de Campestre, ao lado do competente prefeito Valmir, do pré-candidato Pablo, da primeira dama, de componentes da equipe de governo e de vereadores. Ao lado dessas pessoas me sinto em casa e sou grato pela forma carinhosa como sempre sou recebido em Campestre”, destacou Hildo Rocha.

“A presença do deputado Hildo Rocha é sempre bem-vinda porque ele é um parceiro do município, é um grande amigo que que tem serviços prestados ao município. Hoje, temos a felicidade de poder contar com a sua presença no carnaval da nossa cidade”, disse Valmir.

“Ter o apoio do deputado Hildo Rocha e poder contar com a sua presença no carnaval de Campestre é mais um motivo de alegria. Nós nos esforçamos para fazer um carnaval alegre, tranquilo, com muita segurança. Obrigado por sua presença e por tudo que você já fez por nosso município, deputado Hildo Rocha. Se Deus permitir, essa parceria vai continuar produzindo benefícios para a população de Campestre”, ressaltou Pablo, pré-candidato a prefeito de Campestre.

Porto Franco



Tradição mantida. Novamente o carnaval de Porto Franco, na região tocantina, atraiu milhares de foliões da cidade e de municípios vizinhos, confirmando assim uma tradição que se mantém há décadas e que durante a gestão do prefeito Dr. Nelson Horácio é valorizada. O evento foi prestigiado pelo deputado federal Hildo Rocha. O parlamentar foi saudado pelo prefeito, por vereadores e inúmeras personalidades que marcaram presença no evento.

“Hildo Rocha é um grande parceiro, um grande amigo de Porto Franco tanto na área da Cultura quanto da Saúde e da Infraestrutura. Hildo Rocha é um parlamentar que tem feito a diferença na atual gestão municipal e na história de Porto Franco. Portanto, é uma honra recebê-lo, mais uma vez, durante o nosso carnaval, juntamente com os vereadores Amigão, Pastinha, Pastor Valmir e Edidácio”, afirmou o prefeito Dr. Nelson.

Carnaval dos 100 anos
O deputado Hildo Rocha enfatizou que este ano Porto Franco comemora um século de emancipação política. “É uma honra poder participar do belíssimo carnaval de Porto Franco, município que este ano completa 100 anos de emancipação política registrando grandes avanços alcançados graças ao competente trabalho do prefeito Dr. Nelson e da sua equipe de governo. Assim, nada mais justo do que comemorar as conquistas, os avanços e o notável progresso com um maravilhoso carnaval, bem organizado, tranquilo e muito prestigiado, um dos melhores da região. O prefeito e a população estão de parabéns”, destacou o deputado Hildo Rocha.

Governador Flávio Dino afirma que pré-candidatura do deputado Marco Aurélio é importantíssima para Imperatriz

Em encontro realizado na manhã desta quinta-feira (27), no Palácio dos Leões, o governador Flávio Dino recebeu os idealizadores do Movimento Imperatriz Pode Mais, os deputados estaduais Professor Marco Aurélio (PCdoB), Rildo Amaral (Solidariedade) e o secretário estadual de Infraestrutura Clayton Noleto (PCdoB). Durante a conversa, o governador ressaltou a importância da pré-candidatura de Marco Aurélio para a cidade.


"Considero de suma importância a pré-candidatura do deputado Marco Aurélio. Ele tem se consolidado como uma das grandes figuras do cenário político em todo o estado, além de ser uma pessoa muito presente e conhece as necessidades de Imperatriz e sua população. Muito importante também por ele conseguir agregar outras figuras tão notáveis da politica maranhense, que são Clayton Noleto e Rildo Amaral. Sem dúvidas a cidade só tem a ganhar." destacou o governador.


Marco Aurélio se disse focado e feliz de poder encabeçar esse movimento, que a cada dia ganha mais força e que leva esperança para a população de Imperatriz. "A cada reunião tenho mais certeza que estamos no caminho certo, o povo de Imperatriz sabe do potencial de nossa cidade e está cansado de vê-lo ser desperdiçado. Juntos iremos construir a Imperatriz que o povo quer e merece, com o apoio de tantos bons amigos, como o deputado Rildo Amaral, o secretário Clayton Noleto, o governador Flávio Dino e tantos outros, vamos fazer o melhor por nossa cidade." afirmou o deputado.

O secretário Clayton Noleto falou sobre Imperatriz e como ela tem sido esquecida durante os últimos anos. "Precisamos de um prefeito que assuma suas responsabilidades com nossa cidade e que não espere apenas pelo governo estadual. Nos últimos anos, tudo o que Imperatriz recebeu foi graças ao governador Flávio Dino e nossos deputados, se não fosse por eles a cidade estaria completamente esquecida." afirmou Clayton.

Já Rildo Amaral se comprometeu a trabalhar lado a lado à Marco Aurélio para que sua administração seja a melhor possível. "Ele pode ter certeza que terá um soldado no parlamento estadual, pronto para contribuir com o desenvolvimento da nossa querida Imperatriz. Assim como fizemos esses últimos anos, iremos continuar destinando emendas e trabalhando muito para que nossa cidade cresça mais e mais." destacou o parlamentar.

Prefeitura avança no bloqueteamento da Rua Niterói

BAIRRO DA CAEMA


Obra recebeu também drenagem profunda para facilitar o escoamento de água pluvial


 por Gil Carvalho

Depois de concluir os serviços de drenagem profunda, a Prefeitura de Imperatriz, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Sinfra, avança na obra de pavimentação em bloquetes da Rua Niterói, Bairro da Caema. Serão mais de 340 metros de bloqueteamento, transformando a qualidade de vida dos moradores ao acabar com buracos, lama e reduzir a poeira.
Além disso, a obra está mudando o aspecto urbanístico da via que recebe ainda sarjetas, meios-fios e facilita o acesso de veículos, principalmente os serviços essenciais de limpeza urbana, segurança pública, iluminação e ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU.
“Essa é mais uma obra que está sendo realizada na gestão do prefeito Assis Ramos com recursos do Tesouro Municipal, contribuindo para a mobilidade urbana e o bem-estar dos moradores da Rua Niterói, no Bairro da Caema”, ressalta o secretário de Infraestrutura, Zigomar Filho, que verificou o andamento da obra em fase adiantada, apesar do período chuvoso nesta época do ano.
Jorge Braga, que há mais de 12 anos mora na Rua Niterói, diz que mais de cinquenta por cento da obra está executada pela Prefeitura, mudando totalmente o aspecto da via, e valorizando os imóveis no Bairro da Caema. “Esse é um sonho de mais de três décadas, outros moradores lembram que todos os anos prometiam que iam fazer nossa rua, mas ficava somente no papel”, recorda.
Para ele, a iniciativa do município representa uma grande conquista para todos os moradores que poderão investir em obras de melhorias dos imóveis e das calçadas. “Esse tipo de pavimento com bloquetes é mais resistente que o asfalto, pois temos exemplo ali da Rua 15 de Novembro que dura mais de 20 anos”, concluiu.

Imagens:

Produtores de açaí no Maranhão terão mais acesso a tecnologias de manejo e recuperação de açaizais


Foto: Renata Oliveira
Renata Oliveira -
Embrapa Cocais e Secretaria de Estado da Agricultura Familiar – SAF firmaram Acordo de Cooperação Técnica para difundir conhecimentos sobre manejo de açaizais
Pesquisadores da Embrapa Cocais, Embrapa Amapá, Embrapa Amazônia Oriental e Embrapa Meio Norte se reuniram este mês de fevereiro em dois momentos (seminário técnico e dia de campo) para difundir as tecnologias de manejo e recuperação de açaizais nativos em municípios do noroeste do Maranhão, região responsável pela maior parte da produção de açaí do estado. O seminário foi realizado em Carutapera-MA e tratou do potencial do açaí na região do Gurupi-MA; o dia de campo mostrou o manejo de açaizais nativos e ocorreu em Amapá do Maranhão – MA, na Unidade de Referência Tecnológica – URT da Embrapa instalada na propriedade do agricultor Lauro Miranda de Paiva.
O seminário reuniu 186 participantes e contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura Familiar-SAF, secretários municipais de agricultura dos seis municípios da região - Amapá do Maranhão, Carutapera, Cândido Mendes, Godofredo Viana, Boa Vista do Gurupi e Luís Domingues -, agricultores do estado do Pará, além de autoridades locais. Do dia de campo, participaram mais de 100 pessoas, com a presença da prefeita de Amapá do Maranhão, Tatiana Maia, e dos secretários municipais de agricultura dos seis municípios da região, agricultores do estado e autoridades locais. 
A prefeita de Amapá do Maranhão disse estar muito satisfeita com o projeto, que está fortalecendo a cultura do açaí nativo na região. “A prefeitura vai dar todo o apoio necessário para que os produtores possam usufruir esses conhecimentos tecnológicos e para manter a atividade”. O agricultor Lauro Miranda de Paiva, dono da propriedade onde foi realizado o dia de campo, enfatizou a mudança já percebida nos açaizais. “O projeto começou ano passado e todos já veem a diferença e a minha alegria pelos resultados. Acredito nesse projeto e sei que colherei bons frutos”. 
Ao final do seminário, foi assinado Acordo de Cooperação Técnica – ACT entre a Embrapa Cocais e a SAF, respectivamente pela Chefe-Geral da Embrapa Cocais, Maria de Lourdes Mendonça Santos, e o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Júlio César Mendonça Corrêa, no âmbito do Programa da Cadeia Agroextrativista da Juçara/Açaí. Na ocasião, houve também entrega simbólica de mudas de açaí, banana e cupuaçu a beneficiários do programa. 
Para Maria de Lourdes, a iniciativa é de extrema importância para a cadeia produtiva do açaí, que vem perdendo espaço no estado, e representa a valorização da floresta em pé e do extrativismo sustentável, aproveitando a riqueza da região e agregando valor aos produtos da biodiversidade, preservando-a e ainda, contribuindo para a segurança alimentar e geração de renda. “O mercado abre cada vez mais espaço para produtos que contribuam para a saúde e a qualidade de vida dos consumidores, com respeito à biodiversidade e às comunidades que tiram dali sua subsistência e geram renda a partir dos recursos naturais. É a chamada economia verde. E em todos esses quesitos, o açaí tem potencial imenso de crescimento, tanto nacional como internacionalmente”.
O secretário da SAF, Júlio Mendonça, enfatizou que o ACT formaliza ações que já vinham sendo realizadas pelos atores, como as pesquisas e inserção de novas variedades (Embrapa), fomento e estruturação da cadeia do extrativismo (SAF) e extensão rural (Agerp). “A parceria inclui as prefeituras e os movimentos locais, somando esforços para o desenvolvimento econômico do Maranhão”.
Para a presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão – Agerp, Loroana Coutinho de Santana, a iniciativa é bastante relevante para a cultura do açaí na região e para quem dela vive, como produtores e as comunidades extrativistas. “Agradecemos o empenho de todos os envolvidos, em especial aos pesquisadores da Embrapa que mobilizados na difusão dos conhecimentos e tecnologias”. 
O problema e a solução - O Maranhão é o terceiro estado maior produtor de açaí no País, perdendo somente para o Pará e o Amazonas. A região noroeste do estado, no passado, possuía produção cerca de dez vezes maior que a atual. Por falta de manejo adequado e de outros usos da terra, a produção vem declinando e perdendo espaço, ano a ano. A Unidade de Referência Tecnológica – URT, instalada há um ano pela Embrapa Cocais e parceiros com recursos do Fundo Amazônia na região tradicional em produção de açaí, ocupa área de 7,5 hectares onde, há 10 anos, produzia-se cerca 1500 latas de açaí. Antes da aplicação do manejo tecnológico, a produção estava para menos de 200 latas do fruto. A previsão é de que, em cinco anos a produção ultrapasse a produção original.
“Estamos juntos, especialistas em açaí da Embrapa, investindo em conhecimento e tecnologia para retomar a produção do açaí na região. Na URT, são aplicadas tecnologias simples, como o desbaste dentro das touceiras, assim como eliminação de espécies sem valor econômico”, declarou o pesquisador da Embrapa Cocais José Mário Frazão, responsável pela coordenação dos eventos.
Também participaram dos dois eventos, os pesquisadores José Antonio Leite de Queiroz, Silas Mochiutti, Ana Euler e José Tomé de Farias Neto, reconhecidos nacionalmente pela excelência de seus conhecimentos no cultivo e manejo de açaí, bem como no melhoramento e lançamento de novas cultivares de açaí. Clique aqui para assistir matéria e cobertura dos eventos divulgada pela Mirante e confira as entrevistas dos pesquisadores da Embrapa. 
Manejo de açaizais nativos - Busca equilibrar a população de açaizeiros que ocorrem naturalmente na floresta de várzea, garantido mais alimento e renda às famílias ribeirinhas. Com essa técnica que não exige investimento em infraestrutura, a produtividade do açaizeiro pode dobrar de 4,2 t/ha para 8,4 t/ha de frutos. Ela baseia-se na limpeza e manutenção de numero restrito de plantas de açaí por touceira e  na eliminação de outras plantas de espécies arbustivas e arbóreas de baixo valor comercial existentes na área, cujos espaços livres são ocupados por plantas de açaizeiros oriundas de sementes que germinam espontaneamente, de mudas preparadas ou transplantadas das proximidades e por outras espécies de valor econômico, como fruteiras e florestais. O segredo está na relação e no equilíbrio entre as plantas de açaí e outras espécies na mesma área, de maneira a permitir uma maior entrada de luz e acesso a alimento, para o desenvolvimento saudável e mais produtivos das plantas de açaí.
Nova Cultivar - Durante o seminário, foi apresentada a nova cultivar de açaí de terra firme da Embrapa, a BRS Pai D´Égua. Segundo os especialistas, o cultivo de açaí em terra firme com irrigação tem se mostrado mais atraente, pois permite que a maior parte das atividades sejam mecanizadas, inclusive a colheita, além de propiciar a obtenção de produtividades bem mais elevadas que a dos açaizais nativos manejados. Outra vantagem verificada no cultivo de açaí em terra firme com irrigação, é a eliminação ou redução da sazonalidade da produção de frutos, obtendo-se produção o ano inteiro.
O potencial de mercado do açaí cresceu de maneira significativa nos últimos anos. O fruto deixou de possuir uma dimensão regional para ganhar importância nacional e, mais recentemente, internacional. O crescimento do mercado do açaí está associado aos benefícios à saúde que a ciência vem atribuindo à ingestão desse alimento, que apresenta em suas propriedades, vitaminas do complexo B, C, além de sais minerais, ferro, cálcio,potássio e fibras. 
Fundo Amazônia - Embrapa participa com o “Projeto Integrado para a Produção e Manejo Sustentável do Bioma Amazônia”, financiado pelo Fundo Amazônia e operacionalizado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O projeto busca promover a produção e a disseminação de conhecimentos e tecnologias voltadas para a recuperação, conservação e uso sustentável da Amazônia, por meio de apoio a projetos e ações de pesquisa, desenvolvimento, transferência de tecnologia, intercâmbio de conhecimentos e comunicação rural. Trata-se de um projeto de grande escala, que requer esforços sincronizados e orquestração precisa de nove dos quarenta e dois centros de pesquisa da Embrapa em todo o Brasil, que atuam diretamente na região, além de parcerias institucionais de âmbito local e nacional. Ao todo são dezenove projetos, que compõem quatro arranjos maiores (grupos de projetos afins), cada um composto por projetos de abrangência regional, estadual ou local, selecionados através de chamadas internas e executados por centros de pesquisa que atuam naquele bioma: Monitoramento do Desmatamento e da Degradação Florestal e Serviços Ecossistêmicos; Manejo Florestal e Extrativismo; Tecnologias Sustentáveis para a Amazônia; e Aquicultura e Pesca.
A Embrapa Cocais atua no Arranjo 2 – “Restauração, manejo florestal e extrativismo”, cujas prioridades são: desenvolvimento e transferência de tecnologias de manejo florestal, com ênfase no manejo florestal comunitário e na agricultura familiar; avaliação e monitoramento do manejo de espécies madeireiras nativas da Amazônia; desenvolvimento e transferência de tecnologias para restauração florestal, incluindo manejo, produção e armazenamento de sementes e mudas e sistemas silviculturais para o bioma Amazônia; desenvolvimento e transferência de tecnologias de coleta, armazenamento, beneficiamento e agregação de valor de produtos da sociobiodiversidade; transferência de tecnologias e treinamento em boas práticas para a produção de produtos florestais não-madeireiros; e regularização ambiental e recuperação de Área de Preservação Permanente e Área de Reserva Legal.

Publicações:
Cultivo de açaizeiros e manejo de açaizais para produção de frutos
https://www.embrapa.br/busca-de-publicacoes/-/publicacao/346787/cultivo-de-acaizeiros-e-manejo-de-acaizais-para-producao-de-frutos
Flávia Bessa (MTb 4469/DF)
Embrapa Cocais

Prefeitura asfalta Rua São João no Jardim Viana

PAVIMENTAÇÃO

Via também recebeu obra de drenagem profunda

por Gil Carvalho

“A situação aqui era muito crítica, pois antes do prefeito fazer a drenagem sofri durante três anos com minha casa alagada, perdi praticamente tudo. Assis veio aqui e autorizou a obra e agora essa benfeitoria do asfalto”, comemora a moradora Viviane Jansen, que na manhã desta quinta-feira, 27, acompanhou o trabalho de pavimentação asfáltica da Rua São João, Jardim Viana.
Ela diz que “os moradores do bairro ficaram esquecidos durante décadas pelo poder público, mas que na atual gestão o trabalho de melhoria das vias urbanas está sendo realizado, contribuindo para o bem-estar da população do Jardim Viana”. “O vereador Paulinho também esteve conosco desde o início levando essa demanda para o prefeito que veio conferir pessoalmente a nossa situação”, disse.
Viviane Jansen disse ainda que, finalmente, vai sair do “pé na lama” com a melhoria da mobilidade urbana e da qualidade de vida, fatores que também contribuem para o acesso de veículos oficiais.
A dona de casa Cleidimar Oliveira, que há 22 anos mora na Rua São João, destacou que “foram décadas de reivindicações ao poder público, mas que agora chegou graças a intervenção do prefeito Assis Ramos”. “Nós não tínhamos nem saída, era somente lama e buracos. A melhoria começou depois que a Prefeitura fez a obra de drenagem profunda que permitiu o acesso de veículos”, detalha.
Segundo ela, estava limitado o direito e vir da comunidade, inclusive os serviços essenciais prejudicados por causa das péssimas condições da via que dava acesso ao bairro.
Vistoria
Na manhã de hoje, o prefeito Assis Ramos, acompanhado do vice Alex Rocha e do vereador Paulinho Lobão vistoriou o início da obra de pavimentação asfáltica da Rua São João, no Jardim Viana.
“Essa foi uma das ruas que tínhamos nos comprometido em fazer em nossa gestão. Em 2017 realizamos a obra de drenagem profunda e o anseio da população era esse asfalto que está sendo feito pela Prefeitura”, concluiu.

Imagens:

HMI atende cerca 850 pessoas no feriado de carnaval

BOLETIM

22% dos pacientes que deram entrada foram politraumatizados, vítimas de acidentes de trânsito ou perfuração por arma de fogo

por Maria Almeida

De sexta, 21, até quarta-feira de cinzas, 26, passaram pelo Hospital Municipal de Imperatriz, HMI, 828 pessoas, 493 de Imperatriz e 363 das cidades vizinhas. Dos pacientes que deram entrada, 638 foram assistidos pela equipe da Clínica Medica, 137 pela equipe da Clinica Cirúrgica e 53 pela equipe da Ortopedia.
Do total atendido, foram feitas 137 internações. 719 pacientes ficaram apenas em observação, foram medicados, avaliados e liberados. O mapa de internação ficou da seguinte forma no feriado: Dia 21 com 176 leitos ocupados; dia 22 foram 176; dia 23 total de 181; dia 24 foram  185; dia 25 com 187 e dia 26 foram 190. Hospital teve ainda 83 altas de pacientes que retornaram às suas casas, curados, após passarem por tratamentos com remédios e/ou cirurgia.
Quem precisou do pronto socorro neste período, pode constatar a movimentação e a complexidade dos atendimentos realizados. De sexta à quarta, 53 cirurgias foram realizadas envolvendo profissionais de diversas especialidades, dentre elas, neurologia, vascular, ortopedia e urologia.
Além disso, foram realizados 745 exames de imagens – 598 raio X, 109 tomografias, 27 ultrassons e 11 ecocardiogramas. 
“Foram dias bastantes intensos dentro do hospital, mas nossa equipe liderada pela Diretora Marilia Carvalho fez um bom trabalho. Os números mostram que a assistência não deixou a desejar. Dos pacientes que assaram pelo HMI neste período só vieram a óbito os que deram entrada em estado crítico, como é o caso de um rapaz que chegou baleado com tiro na cabeça e de outro que deu entrada com crise de apendicite estourada grave. Os demais estão sendo tratados, outros já receberam alta”, ressaltou o secretário de Saúde, Ely Samuel.
O paciente Reginaldo da Silva Santos, morador de Amarante, por exemplo, deu entrada no último dia 20 após sofrer um acidente de moto, passou por cirurgia ortopédica e já aguarda alta, prevista para amanhã, 28.


Imagens: