segunda-feira, 30 de março de 2020

IMPERATRIZ

 Promotoria de Justiça Especializada em Defesa da Saúde expede Recomendação e emite Nota

MPMA recomenda ao município cumprir medidas de distanciamento social


O Ministério Público do Maranhão expediu nova Recomendação nesta sexta, 27, para que o Município de Imperatriz cumpra com as orientações estabelecidas para a manutenção do distanciamento social. A iniciativa é do titular da 5ª Promotoria de Justiça Especializada em Defesa da Saúde Pública de Imperatriz, Newton de Barros Bello Neto, como medida de prevenção e contenção ao Covid-19. O Município tem 48 horas para se manifestar.

O promotor de justiça destaca que o documento reitera as orientações da Recomendação Conjunta expedida ainda no dia 20 em parceria com o Conselho Regional de Medicina. As medidas também foram objeto de ação judicial, com decisão em caráter liminar concedida e em vigor.

O documento ressalta que o ente municipal deve continuar zelando pelo cumprimento das condutas orientadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e que também foram adotadas pelo Estado do Maranhão conforme decreto Nº 35.677/20, sendo este último de observância obrigatória por todos os entes municipais.

Na Recomendação, o promotor de justiça pede, ainda, que o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, se abstenha de prestar declarações relacionadas ao Ministério Público do Maranhão, afirmando que este estaria de acordo com a volta das atividades, portanto, em desacordo com o distanciamento social e as normas da OMS.

O membro reforça ainda que a 5ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa da Saúde de Imperatriz continuará seguindo estritamente as normas advindas da Organização Mundial de Saúde (OMS) no que se refere às condutas para prevenir novas infecções pelo novo coronavírus (Covid-19).

De acordo com o representante do Ministério Público, os entes da federação necessitam se manter preparados, não apenas para prevenirem as possibilidades de contágio ou de transmissão do vírus, mas também com o intuito de garantirem a previsão de fluxos de diagnóstico e de tratamento para as situações confirmadas, sendo este seu dever constitucional.

“As medidas novamente recomendadas levam em conta a comprovação médico-científica de que o distanciamento social é a única maneira eficaz para impedir que a epidemia se alastre de maneira catastrófica em qualquer localidade do mundo, inclusive na macrorregião de saúde de Imperatriz, sendo a manutenção da medida fundamental para que não haja futuro colapso das redes de saúde pública e privada”, ressalta o promotor de justiça Newton Bello Neto”.

Confira a nota AQUI.


Redação: Iane Carolina (CCOM MPMA)

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 O Ministério Público do Estado do Maranhão, vem a público esclarecer que: 1- Desde o primeiro momento do surgimento da pandemia do coronavírus, o Ministério Público do Maranhão (MPMA) tem se antecipado com adoção de medidas necessárias para garantir o controle da disseminação da virose conhecida como novo coronavírus – COVID-19. Nesse sentido, implantamos pioneiramente o regime de teletrabalho na instituição, dentre outras várias medidas expostas no ATO nº1292020, que também resguardou o plantão extraordinário dos serviços essenciais básicos de membros e servidores em benefício da comunidade. 2- Em relação aos servidores terceirizados, também foram suspensas as atividades presenciais dos mesmos, exceto as relativas à vigilância das instalações físicas do Ministério Público, bem como mantendo equipes mínimas de limpeza, para periodicamente providenciar a higienização das instalações. 3- Nesse momento estão em andamento, no âmbito do Ministério Público do Maranhão, 14 obras de construção e reforma de novas sedes espalhadas pelos diversos municípios. As empresas que venceram os procedimentos licitatórios foram recomendadas pela Coordenação de Obras, Engenharia e Arquitetura da PGJ, a suspenderem suas atividades, sem que isso implique em qualquer aplicação de penalidade contratual, tendo em vista o Decreto Estadual de calamidade pública, muito embora a Administração Superior tivesse a faculdade de considerar tais obras como de interesse público ante a sua essencialidade. 4- Desse modo, desde a última sexta-feira (27 de março de 2020), as empresas que ainda não haviam suspendido suas atividades de construção civil em instalações do MPMA, tem sido contactadas e notificadas para a suspensão dos trabalhos em cumprimento aos normativos internos e demais instrumentos legais que recomendam medidas de prevenção e isolamento social. São Luís, 28 de março de 2020. Ministério Público do Estado do Maranhão

Grupo de deputados do Maranhão propõe redução de 50% do próprio salário durante a pandemia


A medida terá validade de três meses e o valor será destinado para políticas públicas de combate ao coronavírus


FONTE: ASCOM DUARTE JR
DATA: 28.MARÇO.2020



Um grupo de deputados estaduais do Maranhão protocolou um projeto de decreto legislativo que propõe a redução de seus próprios salários em 50% pelo período de três meses, com o objetivo de ajudar o Estado do Maranhão a enfrentar a pandemia de coronavírus (covid-19).
A proposta, encabeçada pelo deputado Duarte Jr (Republicanos) e com apoio dos parlamentares Felipe dos Pneus (Republicanos), Daniella Tema (Republicanos), Fábio Macedo (Republicanos) e Mical Damasceno (PTB), destina o valor resultante da redução para ações em prol de pessoas que perderam a renda ou o emprego em razão da pandemia. O valor também deve ser investido no financiamento de políticas públicas de combate aos efeitos sociais do coronavírus.
Nacionalmente, já existem pelo menos quatro projetos para a redução de salários dos deputados federais, que ainda precisam ser analisados pela Câmara dos Deputados, em Brasília.
“Espero que essa medida seja adotada por outros deputados. Neste momento de pandemia, em que as medidas de isolamento e contenção afetam a economia de empresários, micro e pequenos empreendedores, profissionais liberais e informais, essa é uma das alternativas para que essas pessoas possam novamente gerar emprego e renda, bem como assegurar condições de vida para muitas famílias”, argumentou Duarte, que espera a aprovação da proposta pelos outros deputados do Maranhão ainda nesta semana.
A deputada Daniella Tema (Republicanos) disse que os deputados não podem cruzar os braços e esperar apenas por ações dos governos. “Cada um de nós precisa fazer a sua parte. Precisamos mostrar para o povo que somos parte da solução e que vamos encarar as consequências das medidas de enfrentamento a essa pandemia unidos à população. Nós, como representantes dos maranhenses, achamos que é justo que a verba pública seja destinada aos que mais precisam dela. Por isso, propusemos a redução em 50% dos nossos subsídios mensais para ajudar no combate dessa crise sanitária, que, além de tirar muitas vidas, tem afetado economicamente a vida de milhares de trabalhadores. Precisamos nos unir e mostrar que somos bem mais fortes”, ressaltou.
A deputada Mical Damasceno (PTB) destacou que, neste momento de contenção da Covid-19, em que as pessoas estão sendo orientadas pela OMS e pelo Ministério da Saúde a ficar o maior tempo possível em casa para diminuir a propagação do vírus, os efeitos, infelizmente, vêm acompanhados de impactos negativos na economia. “Existem vários irmãos maranhenses passando agora por dificuldades, precisando desses recursos, pessoas como trabalhadores informais e autônomos que perderam grande parte da sua renda devido ao isolamento social. Diante desse quadro, tomamos a iniciativa com mais quatro colegas deputados de pedir a redução do nosso salário em 50% pelo período de três meses. Assim, vamos beneficiar os que trabalham dentro dessa informalidade, bem como ações para a efetivação de políticas públicas, em razão dessa pandemia”, destacou.
O deputado Fábio Macedo (Republicanos) disse que o valor será revertido para auxílio às famílias maranhenses que estão em isolamento social e não podem assumir seus postos de trabalho. “Peço que neste momento tão difícil Deus abençoe o nosso Estado e o nosso país e que nós possamos sair disso tudo mais fortalecidos”, afirmou.
O deputado Felipe dos Pneus (Republicanos) reforçou a importância da união em prol de ações efetivas. “Sempre usei o lema vamos fazer juntos, fazer juntos não apenas nos bons momentos, mas também em situações difíceis como a que estamos vivendo agora. Precisamos nos unir, dar as mãos e cada um fazer a sua parte. A união pode vencer qualquer dificuldade”, pontuou.

Presente de aniversário: Hildo Rocha e prefeito João Igor entregam ambulância para população de São Bernardo



São Bernardo completou 82 anos de emancipação política, neste domingo. Não Houve festa, em razão da crise do coronavírus. Mas, a população do município comemorou a chegada de uma ambulância Toyota 4 X 4, presente valioso que foi entregue pelo deputado federal Hildo Rocha e pelo prefeito João Igor, neste final de semana. O veículo foi financiado com recursos públicos federais de emenda parlamentar impositiva de Hildo Rocha.

“Graças a deus a gente tem deputado federal que verdadeiramente tem compromisso como nosso município e com o Maranhão. Essa é a segunda ambulância que o deputado Hildo Rocha viabilizou para São Bernardo por meio de emenda parlamentar de sua autoria. Esse veículo é importantíssimo porque irá ajudar a salvar vidas”, destacou o prefeito João Igor.

Veículo adequado à realidade da região
O deputado Hildo Rocha enfatizou a robustez do veículo entregue, que é ideal para a finalidade à qual se destina. “É uma ambulância 4x4 a diesel, da marca Toyota que aguenta o tranco aqui na região, é o melhor veículo para trabalhar aqui como ambulância. É uma ambulância que é vai durar muito tempo, pois é resistente, é o tipo da ambulância que cumpre a sua missão, transporta o paciente com a segurança da chegada”, afirmou Hildo Rocha.

Ajuda para modernização do hospital municipal
Acompanhado do prefeito João Igor e do secretário municipal da Saúde, Haroldo Tobias, Hildo Rocha visitou as obras de requalificação e modernização do hospital municipal, Felipe Jorge. Na ocasião, o deputado lembrou que o prefeito desistiu de esperar ajuda do governo estadual e está fazendo a obra só com recursos municipais.

“O Governo do Estado ficou de ajudar na reforma e modernização do hospital. Mas a ajuda nunca chegou. Então, o prefeito decidiu tocar a obra apenas com recursos próprios do município. Porém, ele está enfrentando grandes dificuldades, porque a vontade do João Igor esbarra na realidade, as prefeituras estão com dificuldades financeiras, por isso, eu assumi o compromisso de colocar recursos de emendas de minha autoria para ajudar o João Igor poder entregar para a população de São Bernardo um hospital moderno, com novas instalações e novos equipamentos”, afirmou Hildo Rocha.

Saiba como é feito o monitoramento dos casos suspeitos do novo coronavírus

COVID-19

Divisão de Vigilância Epidemiológica notifica e investiga casos de agravos à saúde

por João Rodrigues

Dentre os 18 programas desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Saúde, Semus, por meio da Divisão de Vigilância em Saúde, um deles é a Vigilância Epidemiológica que tem por atribuição investigar e encerrar casos de notificação compulsória de agravos à saúde. Nos últimos dias, essa divisão vem dedicando maior atenção aos casos suspeitos do novo coronavírus e por isso criou um núcleo exclusivo para fazer o monitoramento.
“Nós temos 57 agravos e, dentre esses Meningite, Tétano Acidental, Influenza, H1N1 e agora o novo coronavírus. Todos são exemplos de doenças de notificação compulsória, e significa que no momento em que é descoberto um caso automaticamente e imediatamente é preciso notificar e informar ao Ministério da Saúde, por meio do Sinan”, explica a coordenadora da Vigilância em Saúde, Giselly Vieira.
O Núcleo de Combate ao novo coronavírus do Município de Imperatriz foi criado recentemente, após capacitações com servidores da Vigilância Epidemiológica.
Giselly Vieira detalha que a equipe trabalha em horário comercial, com revezamento apenas no período do almoço, mas a divisão fica aberta das 7h às 17h. O monitoramento é realizado nos casos suspeitos de Covid-19 se dá por meio de telefone ou visita às residências. Semanalmente, o grupo envia amostras coletadas de casos suspeitos de Covid-19 para o Laboratório Central em São Luís - LACEN-MA, que envia para o Instituto Evandro Chagas em Belém, e aguarda o resultado que demora até 15 dias.
A polêmica nas redes sociais sobre o caso de um paciente de São Paulo que descobriu o resultado positivo para o novo coronavírus quando já estava em Imperatriz, levantou o questionamento sobre como fazer para que os pacientes evitem desobedecer a quarentena. Perguntado sobre isso em entrevista, o secretário municipal de saúde, Alair Firmiano assegurou que a Vigilância em Saúde faz o monitoramento de todos casos.
Perguntada pela reportagem se a equipe tem poder de acionar a polícia para cumprimento da ordem de quarentena, Giselly disse o seguinte: “Nós podemos sim acionar a polícia para nos auxiliar na contenção das pessoas que estão descumprindo as regras de isolamento domiciliar”.
Os profissionais do Núcleo de Combate ao novo coronavírus seguem uma planilha de acompanhamento dos casos suspeitos até que se finde os 14 dias de isolamento domiciliar.

Imagens:

Casa do Idoso mantém assistência e atividades à distância

CUIDADO

Novas formas de trabalho cuidam da saúde emocional e física dos usuários do serviço

por Islene Lima

Manter a mente e o corpo ativos não é apenas uma forma de passar o tempo durante a quarentena, mas também de cuidar da saúde. Diante disso, a Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Sedes, pensando principalmente nos idosos que são o principal grupo de risco da pandemia do novo coronavírus, que a Casa do Idoso Feliz está realizando uma série de atividades por meio de vídeo chamadas e ligações, para tentar amenizar o confinamento desses idosos. 
O projeto inclui aulas de teatro, psicólogos, assistência social, aulas de fitdance, atividades físicas, plantão tira dúvidas sobre o coronavírus, alimentação saudável com nutricionista durante esse período e cuidados com a saúde mental. "Nós temos mais de 2 mil idosos cadastrados aqui na Casa do Idoso, eles tinham uma rotina de vir para cá e realizar suas atividades, porém devido a pandemia do Covid-19, os encontros tiveram que ser interrompidos, e foi pensando no bem estar deles, que toda nossa equipe está mobilizada em contribuir para que não se sintam sozinhos, e continuem fazendo suas atividades em casa com apoio de uma rede de profissionais", explica Alessandra Nobre, coordenadora da Casa do Idoso Feliz. 
A coordenadora esclarece que as atividades são feitas por meio de um grupo do Whatsapp, redes sociais e em caso do idoso não ter os aplicativos, a equipe realiza  ligações  para conversar, saber da rotina e ajudar diante de algum problema. "Infelizmente os idosos são as pessoas mais vulneráveis ao novo coronavírus, e para nós que acompanhamos eles durante todo o ano, é muito importante continuar compartilhando afeto, demonstrando respeito e cuidado a quem um dia cuidou de nós". 
Para a aposentada, Rita Rios, uma das idosas assídua dos serviços da Casa do Idoso, essa iniciativa está sendo muito importante durante esse período. "Eu tenho orgulho de fazer parte da Casa do Idoso, o empenho deles com nós é como de um filho com o seu pai, eles sempre nos surpreendem, e nesse momento complicado não seria diferente. Estamos sendo acompanhados por profissionais que nos ajudam e muito, recebo mensagens de amor, cuidado, participo das vídeos chamadas, me sinto como se estivesse lá com eles, me sinto amada e protegida". 
A coordenadora ainda ressalta que os profissionais estão trabalhando também com relação ao fluxo de informações que os idosos recebem. "Muitas vezes eles não conseguem filtrar a quantidade de comentários, mitos e verdades com relação ao vírus, então nossa equipe está empenhada também no diálogo, tirando dúvidas, além de proporcionar interações por meio do instrutor de música e teatro para que eles ocupem seu tempo com atividades socioeducativas". 
Vale ressaltar que além dos cuidados básicos de higiene, a alimentação do idoso também deve ser intensificada. A enfermeira Verônica Cristina explica que frutas em geral, em especial laranja, limão e acerola, ajudam na imunidade. "O ideal é que o idoso opte por alimentos naturais, a exemplo de alimentos vermelhos e alaranjados que são ricos em vitamina A". 
Não faz parte da Casa do Idoso, mas quer participar das atividades? é só acessar as redes sociais no Facebook e Instagram, "casadoidosofeliz". 

Imagens:

Equipes de limpeza trabalham em galeria do riacho Capivara no Santa Rita

MELHORIAS

Além do riacho, a SLP também realiza serviços em outros pontos da cidade

por Rafael Pestana

Nesta segunda-feira, 30 de março, as frentes de serviços da Prefeitura de Imperatriz trabalham na limpeza e desobstrução da galeria do riacho Capivara, localizada na rua Padre Cícero, no bairro Santa Rita. A iniciativa, que é executada por intermediação das equipes da Secretaria de Limpeza Pública, SLP, realiza roço das margens do riacho e a retirada de entulhos, evitando a obstrução do fluxo das águas. Além dessa ação, frentes de trabalho realizam limpeza urbana, manutenção de praças e outras atividades.
O secretário de Limpeza Pública, Alan Johnes, explica que, "o serviço de desobstrução dos riachos estava temporariamente suspenso, pois devido aos estragos causados pelas fortes chuvas que atingiram a cidade no início do mês, nós redirecionamos todas as equipes da SLP para a retirada dos entulhos que obstruíam as ruas da cidade". Alan Johnes ressalta ainda que o serviço voltará a ser realizado diariamente, seguindo o cronograma estabelecido pela Superintendência de Proteção e Defesa Civil, Sumpdec.
As equipes do município levam o mutirão de serviços do Arrastão da Limpeza para a avenida Pedro Neiva de Santana, na região da rotatória da Facimp, onde realizam os trabalhos de varrição manual, roço, paliação de montes, remoção de pontas de lixo e de entulhos. A iniciativa também beneficia a BR-010 e as ruas Simplício Moreira, Benedito Leite e Avenida Dorgival Pinheiro, no Centro. Equipes de manutenção atuam nas praças de Fátima, Brasil, Curió, Bíblia, Mané Garrincha, na Beira Rio, Calçadão e Avenida XV de Novembro.
A Prefeitura realiza ainda a limpeza e desobstrução de bocas de lobo nas ruas Antonio de Miranda com Dois Irmãos, na Carajás com Henrique Dias, no Jardim São Luís; e na rua Santa Tereza com Piauí, no Centro. As frentes de serviços responsáveis pela remoção de entulhos também passam pelos bairros Santa Rita, Entroncamento, Beira Rio, Centro e Vila Redenção. Já as equipes responsáveis pela realização de podas e remoção de gralharias e resíduos verdes atuam nos bairros Vila Parati, Três Poderes e Santa Inês.

Imagens:

sexta-feira, 27 de março de 2020

Ferramentas digitais permitem que pequenos negócios renegociem dívidas acumuladas durante quarentena


Entidade parceira do Sebrae, a CBMAE disponibilizou gratuitamente sua plataforma digital de renegociação de dívidas, durante o período de quarentena.

A mudança na rotina dos maranhenses, por conta da pandemia do Coronavírus (Covid-19), levou a população a tomar uma série de medidas de prevenção, como o isolamento social, com foco na diminuição na circulação de pessoas pelas ruas. Com o fechamento de boa parte do
comércio e a suspensão de atendimento presencial em diversos órgãos via
decreto estadual para prevenção, o que fazer com as contas acumuladas
que não param de chegar e como resolve-las?
Pensando na praticidade e uso intensivo dos benefícios das ferramentas digitais, o Sebrae no Maranhão firmou parceria com a Câmara de Mediação e Arbitragem Empresarial do Maranhão (CBMAE), para disponibilizar gratuitamente o acesso a sua plataforma digital de renegociação de
dívidas no âmbito empresari al mediante a mediação, durante o período que
compreende a quarentena.
Dessa forma, os pequenos negócios juntamente com seus fornecedores,clientes, colaboradores, sindicatos, poderão negociar suas contas de maneira eficaz sem precisar de deslocamento, por meio da conciliação. O acesso a ferramenta é bem simples, basta acessar o site
www.queroconciliar.org ou baixar o aplicativo no play store, quero conciliar. São três passos simples para o preenchimento do caso: informar o caso com as situações específicas que deseja resolver, seus dados e da outra parte.
INSTAGRAM
 A iniciativa foi tema de uma das lives que o Sebrae no Maranhão vem realizando em seu perfil do Instagram: @sebraemaranhao. A live aconteceu na última quinta (25), está disponível no perfil da instituição e tratou da renegociação de dívidas, temática explicada pelo presidente da CBMAE,
Ivaldo Praddo.
Durante a live ele tirou dúvidas dos empreendedores e explicou a funcionalidade do aplicativo, que resolve conflitos pelo celular, entre outras informações importantes neste período da quarentena. O presidente da CBMAE ainda destacou que os bancos também sinalizaram o adiamento do
pagamento de financiamentos e empréstimos por 60 dias, entre eles Banco Bradesco, Itaú, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.
Em relação a contratos de locação, que também foi bastante comentado durante a live, Ivaldo reforçou a importância dos locadores entrarem em contato com locatários, de maneira que locadores cobrem proporcional ao período em que as lojas ficaram abertas.
Outras informações e dúvidas em relação à mediação e arbitragem de conflitos empresariais podem ser tiradas pelo whatsapp do CBMAE (98) 98112-5340.

Suzano mantém foco operacional para garantir oferta de produtos essenciais


Produção visa atender mercados de saúde e higiene e ajudar a combater o coronavírus

Suzano tem adotado um conjunto de medidas para auxiliar no combate à propagação do novo coronavírus. O foco da empresa está em preservar a saúde de seus colaboradores, prestadores de serviços e familiares e garantir a oferta de produtos essenciais para áreas como a saúde e as indústrias de medicamentos e alimentos.
Com fábricas instaladas em sete estados brasileiros, a companhia produz matérias-primas usadas na confecção de papéis sanitários, máscaras, fraldas e embalagens em geral, itens ainda mais indispensáveis nesse momento de isolamento social e de maiores cuidados com a higiene. Por isso, tem adotado um conjunto de medidas operacionais e administrativas para garantir o abastecimento aos diferentes mercados atendidos.
Simultaneamente, a empresa decidiu suspender todas as atividades operacionais não essenciais de colaboradores próprios e terceiros e cancelar viagens, eventos, visitas às unidades e reuniões presenciais. Os colaboradores que não necessitam estar presencialmente nas unidades para a continuidade das operações passaram a trabalhar em formato home office.
Para os colaboradores cuja presença é indispensável nas operações, a companhia adotou como ações prioritárias, por exemplo, a medição de temperatura corporal dos trabalhadores antes do acesso a fábricas ou viveiros; a distribuição de refeições individuais e espaçamento maior entre mesas e cadeiras nos refeitórios; a adoção de maior distanciamento de cadeiras em salas de controle operacionais, com sinalização visual no local; e a adoção de quarentena caso haja identificação de colaborador ou prestador de serviço com risco de contaminação.
A companhia também aumentou a frequência de limpeza e higienização de áreas comuns e determinou que, no caso dos ônibus fretados, a circulação aconteça com menos de 50% da capacidade. Todas essas ações são acompanhadas por um frequente compartilhamento de informações em todos os canais de comunicação da empresa.
“Estamos cientes da importância de manter a operação da Suzano funcionando durante esta crise. Abraçamos nossa responsabilidade em garantir toda a cadeia produtiva de itens críticos para a rede hospitalar, de saúde e alimentícia do país e do mundo”, afirma o diretor executivo de Estratégia, Gente, Comunicação, TI e Digital da Suzano, Christian Orglmeister. “Nunca nossa atividade a plena capacidade foi tão essencial. Por isto, todas as medidas preconizadas pelo Ministério da Saúde e órgãos competentes foram adotadas pela Suzano para garantir a segurança e a integridade dos colaboradores, seus familiares e da população em geral. Outras medidas poderão ser tomadas, caso haja necessidade, porque acreditamos que somente atuando juntos seremos capazes de superar este vírus”, completa o executivo.

Apoio à sociedade

Além de garantir a segurança operacional e dos colaboradores nesse momento tão difícil para o Brasil e para o mundo, a Suzano tem empreendido esforços para ajudar em outras iniciativas essenciais no combate ao COVID-19. Entre elas estão a doação de papéis higiênicos e fraldas para hospitais e unidades de saúde dos estados de São Paulo, Espírito Santo, Bahia, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Ceará e Amazonas. O papel higiênico e as fraldas são de produção da Suzano, já estão em estoque e começarão a ser doados nesta semana conforme acordado entre empresa e as Secretarias de Saúde locais.
Além disso, a Suzano, por intermédio do comitê interno de crise que está acompanhando a situação do coronavírus, também tem colaborado com empresas, entidades e órgãos públicos para difundir boas práticas em favor da saúde da sociedade. A troca de informações a respeito de ações que podem ser adotadas internamente, com colaboradores e terceiros, e externamente, para o público em geral, está alinhada com um dos Direcionadores de Cultura da Suzano: “Só é bom para nós se for bom para o mundo”.

Sobre a Suzano - A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.