quarta-feira, 18 de março de 2020

ANS decide que a partir de agora planos de saúde terão que cobrir exames para o novo Coronavírus


Em entrevista coletiva do Ministério de saúde, na ultima segunda-feira (10/03) Por decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) os planos de saúde terão que cobrir exames para avaliar a infecção do novo coronavírus (Covid-19). O procedimento será incluso no rol dos obrigatórios de custeio pelas operadoras.
Representantes de planos de saúde e entidades representantes do setor de saúde suplementar se reuniram com a diretoria do órgão, optando por essa medida. Foi informado que está ainda em processo de seleção quais serão os tipos de testes, os protocolos e o prazo para as operadoras se adequarem à determinação.

Em que casos deve ser feito o exame?

O exame deverá ser realizado quando houver indicação médica. O paciente será avaliado de acordo com o protocolo e as diretrizes definidas pelo Ministério da Saúde, a quem compete definir os casos enquadrados como suspeitos ou prováveis de doença pelo Coronavírus (Covid-19) que terão direito ao teste.
Quando houver a necessidade do exame, o paciente será orientado a procurar em sua operadora a indicação de um estabelecimento de saúde da rede da operadora apto à realização do teste.
É preciso ficar atento, pois o conhecimento sobre a infecção pelo Coronavírus (Covid-19) ainda está em construção e os protocolos e diretrizes podem ser revistos a qualquer tempo.  

Em caso de suspeita de infecção, como proceder?

Cada operadora de plano de saúde definirá o melhor fluxo para atendimento de seus beneficiários, portanto, a orientação é que o usuário que desconfie que está com Coronavírus entre primeiramente em contato com a operadora e se informe sobre os locais de atendimento.  

E aos pacientes com casos já confirmados?

O tratamento para a doença já é garantido aos pacientes com casos confirmados de infecção pelo Coronavírus (Covid-19). É impotante lembrar que a cobertura depende da segmentação assistência do plano de saúde do paciente.
Em caso de dúvidas não hesite em procurar sua operadora de saúde, a ANS está orientando as empresas para que disponibilizem em seus portais na internet e disseminem através de seus canais de relacionamento informações sobre o atendimento e a realização do exame .

Kits para o diagnóstico já estão sendo distribuidos

Iniciou-se no início de março a distribuição de kits para o diagnóstico do Covid-19 pela fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A expectativa é que todas as regiões do Brasil estejam abastecidas até o fim do mês.
A capacitação para o uso desses kits será conduzida pelo Laboratório de Vírus Respiratório e Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz. Já os kits foram desenvolvidos pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos e pelo Instituto de Biologia Molecular do Paraná.
O ritmo dos testes por semana deve atender a demanda estabelecida pelo Ministério da saúde. A Fiocruz tem capacidade de produzir de 25 mil a 30 mil testes.
Além disso, vão ser entregues pela Fiocruz aos laboratórios kits para identificar os vírus Influenza A e B, o que contribui para o diagnóstico diferencial, quando a confirmação de um vírus descarta a suspeita de outro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário