quarta-feira, 25 de março de 2020

Empresas apostam em serviços de delivery e atendimento online após decreto do Governo sobre o Covid-19


  Serviços oferecidos em aplicativos de mensagens, sites e por teleatendimento aumentam durante período de isolamento

Para tentar conter o avanço do novo coronavírus no Maranhão, o governo estadual determinou por meio de decreto que lojas, shoppings, bares, restaurantes, lanchonetes, centros comerciais fechem as portas pelo período de 15 dias.  A paralisação também acontece no serviço público, exceto aos serviços indispensáveis, que não comprometam o bem coletivo. Pensando nisso, muitas empresas estão investindo em serviços de entrega e atendimento online para manter a movimentação e garantir a entrega de diversos serviços para a comunidade.
Dentre os serviços que o consumidor pode fazer online, estão o registro de ocorrência policial, que pode ser feito por meio do site delegaciaonline.ssp.ma.go.br, solicitações de serviços dos cartórios por meio do site www.registrocivil.org.br na qual o consumidor pode emitir segunda via de certidões de nascimento, casamento e óbito de cartórios civis de todo o Brasil. O tribunal Regional Eleitoral também fez modificações no atendimento, com atividades suspensas até o dia 31 de março.  Para quem deseja realizar solicitações, podem ser feitas pelo telefone 0800 098 5000 que está funcionando normalmente das 08h às 18h, de segunda a sexta-feira.
A Equatorial Maranhão, que faz a distribuição de energia do estado, fechou as agências de atendimento, mas tem reforçado aos consumidores que as solicitações de serviços podem ser feitas  pelos canais digitais da empresa, como a assistente virtual Clara, por meio do Whatsapp (98) 2055-0116, aplicativos para smatphones disponíveis no Google Play (Android) e Apple Store (IOS), além do site da companhia www.equatorialenergia.com.br ou pelo call center ligando para o 116.  Todos os canais digitais funcionam 24 horas por dia, 7 dias por semana e são gratuitos.
Delivery em evidência - Com o fechamento do centro comercial de Imperatriz, algumas lojas têm seguido as recomendações estaduais e atuado de maneira a garantir a segurança dos seus clientes, oferecendo o serviço de delivery dos seus produtos, como o Grupo Potiguar, que estará trabalhando com o serviço de entregas para demandas emergenciais, além cumprir todas as exigências sanitárias. O serviço da loja funciona de segunda à sexta, das 8H ‪às 18H; e no sábado das 8H ‪às 14H para entregas em casa; através dos telefones ‪(98) 2108 9999 em São Luís e ‪(99) 3271 7000 em Imperatriz.
“Manteremos fechadas todas as lojas e vamos esperar passar essa pandemia em casa. Mas entendemos que, muitos de nossos produtos são essenciais para garantir saúde e segurança de todos, nesse momento de contingência. Assim, visando obedecer ao Decreto de N. 35.678, estamos dando a nossa contribuição e criando um atendimento exclusivamente para fornecer itens emergenciais, que funcionará somente via delivery”, explicou o Presidente do Grupo Potiguar, Marcelo Brasil.
Ele ainda reforça a importância de evitar comprar itens que não sejam emergenciais. “Pedimos aos clientes nesse momento que não usem o Serviço de Delivery para comprar produtos que podem esperar. Precisamos fazer um esforço para atender apenas produtos básicos para emergências, ou que comprometam a saúde e a segurança; como materiais de limpeza, hidráulicos, itens de obras básicas e materiais para vedação e isolamento visto que estamos em pleno inverno”, explica
Para as empresas que continuam abertas a Associação Comercial e Industrial de Imperatriz determina que algumas medidas devem ser observadas: a jornada presencial de apenas 50% (08h às 12h), redução do quadro de funcionários em 60%, atender a todas as demandas sanitárias do país, dispensar os funcionários que apresentem sintomas do covid-19, liberar os funcionários dos grupos de risco e realizar atendimento ao público preferencialmente por telefone, e-mail ou aplicativos. 
Continuam abertos: supermercados, farmácias, serviços de abastecimento de água e geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, gás e combustíveis, serviços funerários, telecomunicações, captação e tratamento de esgoto e lixo, segurança privada e a Imprensa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário