segunda-feira, 16 de março de 2020

SÃO LUÍS


Reunião no MPMA discute plano de contingência de Covid 19

O Ministério Público do Maranhão realizou, na manhã desta segunda-feira, 16, no auditório das Promotorias de Justiça da Capital, uma reunião na qual foi analisado e discutido o plano de contingência elaborado pelo governo estadual a respeito do novo coronavírus – Covid 19. Participaram do encontro representantes das redes estadual, municipal e particular de saúde.

Para a titular da 19ª Promotoria de Justiça Especializada de Defesa da Saúde de São Luís, Maria da Glória Mafra Silva, a reunião foi uma oportunidade de analisar todos os itens do documento, tirando dúvidas e sugerindo melhorias com base na colaboração entre os diversos envolvidos. “Estamos colaborando com a construção desse plano. Só assim, feito por todos, ele terá efetividade”, afirmou.

Entre os temas discutidos na reunião estiveram os fluxos de atendimento e testagem de pacientes quanto ao coronavírus e H1N1; a necessidade do cuidado no transporte de pacientes, tanto entre municípios, quanto entre unidades de saúde e, até mesmo, dentro das unidades; e os protocolos de notificação dos casos, que deve incluir os pacientes com suspeita das doenças.

Glória Mafra chamou a atenção, ainda, para o cuidado nos procedimentos de desinfecção de ambientes, insumos e equipamentos, bem como para a necessidade do correto uso e descarte de equipamentos de proteção individual (EPIs). Foram analisadas, ainda, as estruturas de isolamento dos pacientes contaminados pelos vírus nas unidades de saúde.

Para a promotora de justiça, é preciso que a população não reaja com histeria à situação, o que sobrecarregaria ainda mais os sistemas público e privado de saúde. “Precisamos levar nossos pacientes ao hospital nos casos necessários. Não é apenas achar que se está com Covid ou H1N1 para correr para uma unidade de saúde porque, assim, deixa-se de dar atendimento àqueles que realmente precisam de um cuidado imediato”, ponderou Glória Mafra.


Redação: Rodrigo Freitas (CCOM-MPMA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário