sexta-feira, 24 de abril de 2020

Bairros recebem frentes de drenagem


Objetivo é minimizar os transtornos com ações de recomposição asfáltica

por Gil Carvalho

Equipes de drenagem trabalham em ritmo acelerado na recuperação estragos ocasionados pelas fortes chuvas que danificaram redes pluviais e a malha asfáltica da maioria das ruas e avenidas dos bairros de Imperatriz. Objetivo é minimizar os transtornos à comunidade com ações de recomposição asfáltica e de recuperação de drenagens.
De acordo com o coordenador de Obras, Joselito Sultepa, da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Sinfra, cinco equipes trabalham na frente de recuperação de drenagens pluviais, como por exemplo, na Rua Rui Barbosa, nas Cinco Bocas, na Vila Lobão, e na Vila Redenção II. “Nós estamos atuando ainda na Avenida Silvino Santos, no Ouro Verde; Rua Euclides da Cunha, na Vila Nova e na Rua Padre Cícero, no Santa Rita”, informou.
Além disso, a Prefeitura de Imperatriz trabalha na conclusão da drenagem profunda da Rua da Paz, no Jardim Oriental. Obra tem mais de 600 metros de extensão e está sendo realizada através de parceria com o grupo Mateus.
“O prefeito Assis Ramos destaca a importância de parcerias com a iniciativa privada para resolver problemas emergenciais da comunidade, como é o caso desse investimento que está sendo feito na Rua da Paz, visando acabar com esse antigo ponto de alagamento no bairro”, explica o secretário de Infraestrutura, Zigomar Filho, que ressalta ter sido interditada a Avenida Babaçulândia para interligação da nova rede de drenagem profunda. O trânsito está sendo desviado para outras vias laterais até a conclusão da obra.
Recomposição asfáltica
Ele ressalta ainda que frentes de recomposição asfáltica trabalham na recuperação das ruas Dom Marcelino, Vila Nova; Floriano Peixoto, Nova Imperatriz; Avenida Ceará, Bacuri; Avenida Jacob, Parque das Estrelas, e nas marginas esquerda e direita da BR-010. “Temos descentralizado nossas equipes de tapa-buracos e drenagens para recuperar ruas e avenidas de intenso fluxo de veículos”, concluiu.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário