sábado, 18 de abril de 2020

Coronavírus: Brasil demorou 44 Dias para ter mil mortes e 7 Dias para dobrar o número

Velocidade no número de mortes foi 6 vezes maior. (Foto: Gustavo Basso/NurPhoto via Getty Images)
Foram 44 dias a partir da notificação oficial do primeiro caso do novo coronavírus para que o Brasil atingisse o número de mil mortes. Em uma semana, o número de vítimas fatais da Covid-19 mais que dobrou, ultrapassando os 2 mil mortos nesta sexta-feira (17).
O Brasil confirmou o primeiro caso de Covid-19 em 26 de fevereiro. Um homem de 61 anos de São Paulo contraiu o coronavírus em viagem à Itália, que tem alta taxa de casos da doença.
Já o patamar de mil mortes foi atingido no dia 10 de abril, quando o Ministério da Saúde atualizou para 1.056 os óbitos em decorrência da Covid-19. Naquele mesmo dia, o Brasil tinha 19.638 casos confirmados da doença.
Passada exatamente uma semana, o Brasil chega, nesta sexta (17), ao número de 2.141 mortes e 33.682 casos, conforme os dados divulgados pela pasta, agora comandada por Nelson Teich. Em uma semana, foram 1.087 novas mortes (aumento de 103,13%), e 14.044 novos casos (crescimento de 71,5%).

NOVO RECORDE DE MORTES

Somente entre quinta e sexta, o Brasil registrou 217 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, o maior número diário desde o início da pandemia. O país também teve o maior incremento diário no número de casos, com alta de 3.257.
O recorde anterior de mortes registradas em um único dia havia ocorrido tanto na última terça quanto na quarta-feira passada, quando 204 óbitos foram computados em cada um desses dias. Também na quarta foi registrado o recorde anterior de aumento de casos, de 3.058.
A primeira morte foi confirmada 20 dias depois, em 17 de março. O paciente era um homem de 62 anos que tinha diabetes e hipertensão. Ele estava internado na UTI do Hospital Sancta Maggiore Paraíso desde o dia 14 e morreu no dia 16. Ele não tinha histórico de viagem para o exterior.

SP TEM 1 MORTE A CADA 30 MIN

O Estado de São Paulo registrou, nesta semana, uma morte a cada 30 minutos por conta do novo coronavírus. O balanço é da Secretaria de Saúde do Estado, em dados divulgados na quinta-feira (16). Ao todo, o estado comandado por João Doria (PSDB) soma 928 óbitos pela Covid-19, com um média de 60 por dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário