quinta-feira, 16 de abril de 2020

Famílias desalojadas recebem assistência

AUXÍLIO

Ação foi realizada pelo programa "Consultório de Rua"

por Islene Lima

Na noite de terça-feira, 14, a Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Saúde, Semus, realizou atendimento das famílias que recentemente foram desalojadas dos seus imóveis, após risco de desmoronamento.
Ação foi realizada pelo programa "Consultório de Rua"  que dá assistência às pessoas em situação de rua em Imperatriz. Criado em 2011, iniciativa atende desabrigados com uma equipe de médicos, assistente social, psicólogo, técnica de enfermagem e enfermeiros.
Na oportunidade, todas as famílias foram consultadas com requerimento de exames e medicamentos foram distribuídos. "Esse programa é de grande importância na nossa cidade, fazemos todos os encaminhamentos necessários, e aqui não seria diferente, essas famílias também estão precisando desse apoio, então seguiremos acompanhando eles no que for necessário", explica a enfermeira coordenadora do programa, Flávia da Silva Nascimento Sipaúba.
Vale ressaltar que até o momento 16 casas foram interditadas por risco de desmoronamento e a Defesa Civil e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Sedes, prestam assistência aos moradores atingidos. 
A secretária da Sedes, Janaina Ramos, explica que as famílias desalojadas estão  sobrevivendo de doações, e a secretaria está disponibilizando cestas básicas, leite, fraudas e kits de higiene pessoal a eles. "As assistentes sociais já fizeram o cadastro de cada família, algumas já foram até beneficiadas através do Programa Minha casa, Minha vida. O aluguel social também já está sendo agilizado para que todas as famílias recebam esse valor e possam sair dessa situação", esclarece. 
A secretária reitera que as famílias serão encaminhadas às suas novas residencias de acordo com o empreendimento do residencial Juscelino Kubitschek. E, a partir dos laudos da Defesa Civil e relatórios das assistentes sociais, a secretaria vai tentar inserir esses desalojados no Minha Casa, Minha vida, de acordo com o perfil de cada morador. 
Em casos como risco de deslizamentos, quedas de árvores, desmoronamento de imóveis, entre outros, qualquer cidadão pode entrar em contato com o órgão pelo telefone: (99) 99152-0832. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário