quarta-feira, 29 de abril de 2020

Profissionais das UBS são orientados sobre fluxo de atendimento para casos suspeitos de Covid-19

NOVO CORONAVÍRUS

Informações foram repassadas por videoconferência

por João Rodrigues

A Secretaria Municipal de Saúde, Semus, por meio do Departamento de Atenção Básica, reforçou as orientações aos gerentes, enfermeiros e técnicos em enfermagem de Unidades Básicas de Saúde, UBS, sobre o fluxo de atendimento aos pacientes com sintomas suspeitos do novo coronavirus (Covid-19).
Em reunião, por videoconferência, a coordenação da Atenção Básica anunciou, ainda, os procedimentos para a aplicação do teste rápido de Covid-19 em profissionais de saúde e tirou dúvidas dos servidores sobre vários serviços.
A primeira reunião virtual promovida pela Atenção Básica para tratar sobre a Covid-19, realizada na tarde de segunda-feira, 27, contou com a participação de profissionais lotados em unidades de saúde dos distritos Santa Rita e Cafeteira e, ainda, dos distritos de Vila Nova e Bacuri. Participantes foram organizados por grupos de 50 pessoas em duas sessões virtuais.
A coordenadora da Atenção Básica, Sormanne Branco, declara que a reunião superou as expectativas por ter possibilitado reforçar os protocolos do Ministério da Saúde para as unidades básicas que são a porta de entrada dos atendimentos à população em geral. A recomendação é otimizar esse atendimento, principalmente, para o público de risco como gestantes e idosos.
Os serviços às gestantes continuam sendo ofertados nas UBS por meio de agendamentos por telefone para evitar aglomerações. A campanha de vacinação contra o sarampo para público de 20 anos a 49 anos continua sendo realizada independentemente que a pessoa já tenha tomado esta vacina, e logo que o novo lote de vacina contra H1N1 chegar será retomada a imunização voltada para o primeiro grupo prioritário.
Os profissionais foram orientados a continuar com o atendimento, sem aglomeração, de idosos e daqueles pacientes com pressão descompensada.
Testes aos profissionais de saúde
Sormane Branco ressalta que a gestão está preocupada com a saúde dos profissionais, razão pela qual vai disponibilizar o teste rápido para aqueles da linha de frente dos atendimentos. Também serão enviados Equipamentos de Proteção Individual, EPI para as UBS nos próximos dias.
“Explicamos que o teste será aplicado ao profissional só no oitavo dia que ele apresentar sintoma gripal ou alguma dificuldade respiratória”, pontua. Médico, enfermeiro ou técnico em enfermagem entre outros, seguirão um protocolo de enviar informações sobre seu quadro clinico e pedido de teste para a Junta Médica do Município que vai analisar e providenciar o atendimento da demanda. Se o caso for grave, ele será encaminhado direto para UPA para passar por cuidados hospitalares.
Para a coordenadora da UBS Milton Lopes, Terezinha Moura, a reunião foi importante para a atualização das informações, tirar dúvidas e compartilhar experiências neste novo momento de pandemia. 
“Foi bom porque ficou tudo esclarecido sobre nosso atendimento de rotina e vamos poder continuar participando dessas reuniões através da internet, que é uma forma de nos comunicar com segurança e trocar experiências. Sabemos já chegaram os kits de EPI para abastecer as unidades”, comemora a gerente da maior UBS do município.
“Nossa avaliação é que a reunião foi muita boa, porque orientamos, escutamos muito as demandas dos profissionais de saúde e vamos poder oferecer um melhor atendimento nas nossas 38 unidades de saúde”, revela a coordenadora acrescentando que as reuniões passarão ser a cada quinze dias.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário