quinta-feira, 23 de abril de 2020

Trabalhadores da Infraestrutura são imunizados contra Influenza

PREVENÇÃO

Objetivo é reduzir o adoecimento decorrente de infecções do vírus A/H1N1, A/H3N2 e influenza B

por Gil Carvalho

Os trabalhadores lotados na Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Sinfra, foram imunizados nesta quarta-feira, 22, contra a Influenza H1N1, H3,N2 e Influenza B, especialmente neste momento de circulação do novo Coronavírus – Covid/19. Objetivo é reduzir o adoecimento, complicações e mortalidade decorrentes das infecções pelos vírus Influenza.
Ação foi realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, Semus. De forma organizada, sem aglomeração e utilizando equipamentos de proteção individual – EPIs -, os técnicos de enfermagem vacinaram os trabalhadores da Sinfra, sendo os primeiros dos grupos prioritários – pessoas a partir de 60 anos.
Considerado serviço essencial à população, os trabalhadores da Secretaria Municipal de Infraestrutura estão diariamente nas ruas realizando serviços de manutenção de malha asfáltica, limpeza, drenagens e terraplanagens. “É importante que todos estejam imunizados contra a Influenza (vírus causador da gripe), pois nesta época do ano [abril e maio] surgem várias doenças decorrentes da gripe”, observa o secretário Zigomar Filho.
Para ele, a vacinação é um passo importante para evitar que pessoas adoeçam por um vírus gripal ou minimizar os sintomas. Além disso, gripe que poderia se tornar uma síndrome respiratória aguda não se torne grave, e os sintomas são minimizados. “A vacina é muito válida para os idosos e pessoas com comorbidades (quando existem riscos de uma pessoa já doente adquirir outras enfermidades)”, ressalta.
O diretor de Iluminação Pública Eronilson Machado destacou a iniciativa de imunizar todos os trabalhadores no combate à gripe, pois a vacinação reduz os casos de influenza, principalmente nos grupos de trabalhadores da Sinfra. “A prevenção contribui para a redução do tempo de internação, e evita a sobrecarga no sistema de saúde”, conclui.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário