terça-feira, 14 de julho de 2020

Professora da Facimp é listada entre os 10 melhores professores universitários do Brasil



A professora Raiana Batista, da Facimp, concorrerá ao Prêmio Professor Universitário do Ano 
Tilibra.
Visualização da imagem

A Tilibra, marca tradicional que fabrica material escolar no país, promove junto à Enactus, uma organização internacional sem fins lucrativos que incentiva os alunos a praticarem ações empreendedoras, uma homenagem aos esforços dos professores universitários brasileiros, num evento online nos próximos dias 14 a 16 de julho, com o Prêmio Professor Universitário do Ano Tilibra 2020. E a professora Raiana Batista, da faculdade Facimp, que é conselheira do Time Enactus Facimp, foi listada entre os 10 melhores professores universitários e finalistas que concorrerão ao prêmio.
O objetivo do prêmio é reconhecer os professores conselheiros que mais se destacaram no desenvolvimento de atividades de incentivo aos alunos com capacidade de criar oportunidades empreendedoras para as comunidades. Para chegar até o vencedor, uma equipe avaliará os critérios de engajamento, inovação, mentoria e colaboração de cada professor.
No cenário nacional, no último dia 11 de julho, a professora de Imperatriz, Raiana Batista, teve seus esforços reconhecidos neste ano, com atividades importantes dentro do projeto Enactus Facimp, como as doações de máscaras feitas nesse período de pandemia para as comunidades de Estreito, Açailândia e Imperatriz e também na capacitação empreendedora da comunidade do Açaí km 1700, onde é feito um melhor aproveitamento do caroço do açaí, que pode ser transformado em adubo e ser uma nova fonte de renda para os trabalhadores, entre outras ações sociais.
“Ter o reconhecimento de estar entre os melhores professores da rede, além de gratificante, é um incentivo para continuar fazendo o nosso trabalho que é inspirar os alunos a serem melhores a cada dia”, comenta a professora conselheira do Enactus Facimp, Raiana Batista.
Além da professora da Facimp, profissionais de instituições de ensino do Brasil também concorrem ao prêmio, como as faculdades UFPA, UDF, UFES Alegre, CEFET RJ, UFRGS, CCT UDESC, IFCE Iguatu, Campus São Carlos e da UVA Sobral.
O prêmio está encaixado na programação do Evento Nacional da Rede Enactus (Eneb), que além de premiar professores e alunos, também coroará os projetos desenvolvidos nas faculdades do país. E, no começo do mês, também haviam listado a acadêmica natural de Estreito, Lanna Araújo, que cursa Engenharia Elétrica na Facimp, em Imperatriz, a concorrer ao ‘Prêmio Estudante Universitário do Ano DSM’.
Os vencedores das categorias de melhor universitário e melhor professor serão divulgados entre os dias 14 a 16 de julho, no evento online que será transmitido no link: youtube.com/enactusbr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário